Nota de Pesar pelo falecimento do ex-presidente da Andifes Tomaz Aroldo da Mota Santos

Nota de Pesar pelo falecimento do ex-presidente da Andifes Tomaz Aroldo da Mota Santos

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) lamenta profundamente o falecimento do ex-presidente Tomaz Aroldo da Mota Santos, na manhã dessa quinta-feira (18), em Belo Horizonte.

O ex-reitor Tomaz recebe homenagem da Andifes por ocasião dos 30 anos da instituição, em 4 de dezembro de 2019

Primeiro reitor negro e defensor da universidade pública, Tomaz da Mota tinha 76 anos e foi presidente da Andifes entre 1997 e 1998, quando criou a Rede Negritude. Muito antes do sistema de cota racial ter sido implementado nas universidades, já defendia direitos e inclusão. Em sua ampla trajetória acadêmica, foi reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) entre os anos de 1994 a 1998 e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) entre 2015 e 2016. O ex-reitor Tomaz da Mota era professor emérito da UFMG.

Deixa um legado, admiradores, amigos e muita saudade.

Compartilhar