Novo hospital da UFMT é pauta de reunião no Ministério da Saúde

Novo hospital da UFMT é pauta de reunião no Ministério da Saúde

A construção do novo hospital da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) é pauta hoje (12) no Ministério da Saúde, em Brasília. A reitora Maria Lúcia Cavalli Neder reúne-se com o ministro José Gomes Temporão, juntamente com a bancada federal de Mato Grosso, com o vice-governador do Estado, Silval Barbosa, e com os secretários de Estado de Saúde, Augustinho Moro, e de Planejamento, Yenes Magalhães. O novo HU será o único hospital federal de Mato Grosso e fará parte da estrutura de apoio à Copa de 2014.

As conversações serão sobre o apoio para equipar o novo hospital e para garantir as condições de funcionamento do atual Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM) até que o outro seja concluído. O prazo estimado de construção é de dois anos. Também a ampliação do quadro de funcionários é uma demanda que está sendo levada aos ministérios da Saúde e da Educação.

“O MEC entendeu a nossa prioridade e, por meio da SESu , destinou  três milhões para o início da obra e mais três milhões a serem liberados assim que tivermos concluído essa etapa”, informa a reitora. “A bancada federal colocou o hospital como prioridade número um e destinou emenda no total de R$ 87 milhões, mas vamos precisar de mais recursos, pois o projeto inicial, de 36 mil metros quadrados, passou para 43 mil metros quadrados com a incorporação das sugestões do grupo de trabalho”, diz a reitora. 

“Somos um hospital de média complexidade e queremos passar para alta complexidade; vamos de 123 para 250 leitos, o que exige investimentos não só em equipamentos, mas no número de funcionários”, adianta a reitora. O novo HUJM será o único hospital federal de Mato Grosso e tem o apoio do Governo do Estado, que financiou a elaboração do projeto arquitetônico básico, o serviço de topografia, a análise do solo, além do plano diretor da área do campus, totalizando R$ 180 mil. O projeto já tem a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A segunda etapa dos trabalhos é a elaboração do projeto estrutural, que está em andamento informa a reitora Maria Lúcia. Ela prevê que dentro de pouco mais de um mês possa ser aberta a licitação do hospital e do novo prédio da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), no Campus II de Cuiabá.

Hoje, o Júlio Müller, que completou 25 anos no dia 31 de julho, dispõe de 123 leitos nas áreas de clínica médica, infectologia, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia, pediatria e UTI adulto e neonatal e realiza, por ano, 100 mil consultas, seis mil procedimentos cirúrgicos, 350 mil exames laboratoriais e 4000 mil internações. O novo hospital será localizado no Campus II de Cuiabá, uma área de 147 hectares localizada no quilômetro 12 da rodovia Palmiro Paes de Barros, cedida pela União e Governo do Estado. O terreno fica no limite dos municípios Cuiabá-Santo Antônio do Leverger, próximo à comunidade Pequizeiro.

 

Compartilhar