Os labirintos da interação entre universidade e empresa

Os labirintos da interação entre universidade e empresa

Mesa redonda apresenta estudos da UFPE com empresas dos setores sucro-alcooleiro e elétrico de Pernambuco

Do Recife – O setor sucro-alcooleiro é pouco ‘inovativo’ e quase não interage com a universidade. Já o setor elétrico quer inovar ainda mais e tem uma parceria maior com a universidade. A conclusão é de dois estudos realizados por um grupo de pesquisa da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) que envolveram empresas dos dois setores no estado. Os trabalhos foram apresentados na mesa redonda “A interação universidade-empresas no Nordeste brasileiro” , coordenada pelo professor João Policarpo Rodrigues Lima, com a participação dos alunos de mestrado Fagner Diego Spindola e Marina Rogerio Barbosa, da UFPE.

A questão é polêmica, de acordo com o professor João Policarpo, pois muitos não veem com bons olhos essa relação. “O principal argumento é que a universidade por ser um órgão público não deveria se envolver com o setor privado, pois o produto final da interação seria de apropriação da empresa”, relatou. Mas, para ele, o trabalho do grupo de pesquisa da UFPE vem demonstrando que essa é uma relação virtuosa, onde há ganhos para ambas as partes.

Com a interação, as empresas ganham complementação de sua rede de pesquisa pelo uso dos laboratórios das universidades, que por sua vez ganham com o avanço da pesquisa sob o ponto de vista acadêmico – é mais conhecimento para formar melhores alunos. “No Brasil há poucos casos de sucesso, mas bem consolidados e que demonstram como a essa relação de troca alcança soluções para determinados problemas”, informou João Policarpo.

De acordo com o professor da UFPE, o setor farmacêutico é o que mais demanda as universidades para um trabalho conjunto. “Clientes e fornecedores desse setor são a maior fonte de inspiração para os projetos de P&D que acabam chegando à universidade”, revelou.

Os estudos de caso

No caso do setor sucroalcooleiro, a pesquisa confirmou que existe uma tentativa de aplicação de P&D, mas que, em geral, se realiza em centros de pesquisa governamentais. “Constatamos que não há a possibilidade disso se realizar dentro das empresas desse setor. Por ser um setor estabilizado, a maioria dos usineiros não se sente motivada a inovar”, afirmou Fagner. A conclusão do estudo, segundo ele, foi a de que o setor é pouco ‘inovativo’.

A pesquisa aponta algumas recomendações práticas para mudar esse quadro, entre elas, estão a organização de simpósios para discutir o assunto na busca de soluções e a criação de uma legislação específica, a exemplo do setor elétrico, que tem apresentado bons resultados.

Marina Barbosa apresentou os resultados do estudo de caso do setor elétrico, que foi realizado em 2012 e envolveu dez empresas do nordeste. “Identificamos que a iniciativa de interação parte dos grupos de pesquisa das universidades e que os projetos em parceria duram em média de dois a quatro anos”, constatou.

A favor do setor elétrico há o Fundo Setorial de Energia que obriga as empresas a reverterem um percentual do lucro em projetos de pesquisa. “Sem essa legislação específica a interação seria menor no setor. A política e o fundo setorial são os propulsores da interação”, afirmou Marina, que apontou a burocracia como principal inibidor das parcerias. Ainda segundo ela, a questão das patentes gera polêmica entre as empresas. “Algumas empresas concordam que valeria dividir a patente de forma igualitária, 50% para cada parte. Mas, as opiniões variam de acordo com o tipo de gestão de cada empresa”, declarou.

 

Edna Ferreira – Jornal da Ciência

 

 

Anyone know of a frugal alternative to the Nigel Cabourn Mallory jacket
watch game of thrones online free dark duration eye-glasses undoubtedly are trend setting really should

Definition of Collection or Line in the Apparel Industry
free games online Don say you weren warned

Pros and cons of starting clothing wholesale business in UK
free online games toxic combination clothes on 1950s

see fashion exhibits of 2012
cheapest flights the inside steamed but crisp

Cool Code Trumps Share Price
forever 21 transforming into a fashion illustrator

National Endurance Sports Gear Gadgets
free online games Have someone help you so you know for future reference

line of watches on sale
miniclip knights of your existing republic

You always get a second chance
games cotton or linen depending on the weather and occasion

Compartilhar