Pela primeira vez no Brasil, xamã Yanomami ministra aula magna em uma universidade pública

Pela primeira vez no Brasil, xamã Yanomami ministra aula magna em uma universidade pública

Com pouco mais de 20 anos, situada no extremo norte da Amazônia brasileira e em uma região de tríplice fronteira (Brasil, Guiana e Venezuela), a Universidade Federal de Roraima realiza nesta segunda-feira (16), às 18h30 uma das suas ações mais importantes na busca pela valorização dos saberes dos povos indígenas da América.

A aula magna, rito tradicional que abre o semestre letivo em todas as universidades, será em Roraima ministrada pelo escritor e líder indígena mundialmente conhecido, Davi Kopenawa Yanomami. Kopenawa é xamã, vocação que tem desde a infância, resultado de um saber cosmológico. O conhecimento e ontologia do ameríndio no discurso Davi Kopenawa traz a diferença e a inovação para dentro da aula magna.

O tema da aula será “Os xapiri e a ciência da floresta”. Os xapiri são seres especiais na cosmologia Yanomami, espíritos que se comunicam com os habitantes da floresta, que orientam a vida social e a relação com a natureza. Kopenawa recentemente publicou em três línguas o livro “A Queda do Céu”, sobre xamanismo, política cosmológica e interétnica, de conteúdo filosófico (neste caso, uma filosofia reversa) e fortemente interdisciplinar.

É sobre o conteúdo desta importante obra, prefaciada pelo renomado antropólogo Eduardo Viveiros de Castro (UFRJ), que Kopenawa falará ao público, rompendo uma tradição centenária nas instituições de ensino superior, que naturalmente valorizam, nestes momentos, a visão clássica ocidental hegemônica da ciência “oficializada”. A ideia dos organizadores é promover a reflexão que permita a complementaridade de saberes, trazendo ao público um conjunto de valores e saberes Yanomami que tem encontrado espaços em várias partes do mundo. “Será um momento histórico para a UFRR, considerando este encontro de saberes que vamos promover, uma demanda importante no debate contemporâneo da ciência”, destacou o reitor da UFRR, professor Jefferson Fernandes, que também é o primeiro reitor indígena escolhido para uma universidade federal.

A aula magna na UFRR terá transmissão on line para mais de 30 universidades conveniadas e convidadas pela UFRR, assim como para o público em geral. Poderá ser acessada no endereço: http://video.rnp.br/portal/channel.action?idItem=20985

Lançamento de livros A obra “Queda do Céu: palavras de um xamã Yanomami”, com mais de 700 páginas, publicada no Brasil pela Companhia das Letras, também será lançada na UFRR no dia seguinte a aula magna (17). Na quarta-feira (18), às 18h, há outra contribuição: Ailton Krenak, importante liderança indígena que também lançará seu livro da Coleção Encontros, pela editora Azougue. A publicação reúne pensamentos do líder indígena sobre as relações entre as culturas ameríndias e a sociedade brasileira. Todas as atividades ocorrem no Centro Amazônico de Fronteira da UFRR.

Confira a programação completa:

Dia 16
18h30 – Aula Magna 2016.1 – Os xapiri e a ciência da floresta – Davi Kopenawa Yanomami (CAF)
21h30 – Abertura da exposição de artes Yekuana

Dia 17
15h- Sessão de Filmes na temática indígena (sala de cinema do CAF)
18h30 – Lançamento do livro “A Queda do Céu”, de Davi Kopenawa

Dia 18
15h – Sessão de Filmes (sala de cinema do CAF)
18h30 – Conversa com autores indígenas: Davi Kopenawa (RR/AM) Ailton Krenak (MG)
– Lançamento do livro “Encontros”, de Ailton Krenak

Outras informações: http://ufrr.br/component/content/article?id=2497

Compartilhar