Pesquisa revela investimentos governamentais no setor produtivo em três regiões brasileiras

Pesquisa revela investimentos governamentais no setor produtivo em três regiões brasileiras

Começa nesta quinta-feira (25/2), às 14  horas, no auditório do Centro Sócioeconômico, o seminário nacional para apresentar um diagnóstico dos investimentos públicos na produção regional do país. Trata-se de uma pesquisa inédita, coordenada pela UFSC, que revela o perfil dos investimentos governamentais no setor produtivo das regiões sul, sudeste e centro-oeste. O estudo foi realizado no ano passado envolvendo nove instituições de ensino do país, mobilizando setenta pesquisadores que agora divulgam os dados coletados através de um evento científico. 
 
Com financiamento do Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul, BNDES, em parceria com a Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicas, FEPESE, o estudo foi realizado para mapear as ações políticas dos governos estaduais e federal nos setores produtivos das três regiões brasileiras.
 
Os resultados da pesquisa serão apresentados dias 25 e 26, em seminário nacional no auditório do Centro Sócio-Econômico, com o tema “Mapeamento das políticas para arranjos produtivos locais no sul, sudeste e centro-oeste do Brasil”. O evento tem o objetivo de divulgar os resultados da pesquisa, tendo como tema as políticas para apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs) realizadas pelos governos nas macro regiões pesquisadas. Foram levantados os focos, os instrumentos e o alcance das políticas voltadas para o desenvolvimento regional, produtivo e tecnológico.
 
Segundo o professor Renato Ramos Campos, do Departamento de Ciências Econômicas da UFSC, coordenador nacional da pesquisa, o estudo inédito servirá como um diagnóstico das políticas públicas setoriais, com a avaliação crítica das ações governamentais para propor diretrizes para o desenvolvimento de alguns setores produtivos. Para o estado de Santa Catarina, o pesquisador destaca ações coletivas voltadas para o fortalecimento das indústrias de software, têxtil, móveis e empreendimentos turísticos. 
 
A pesquisa é resultado de um convênio de cooperação técnica entre a UFSC, UFPR, UNISINOS, UNICAMP, UFU, UFF, UFES, UCDB E UCG, com um custo aproximado de um milhão e trezentos mil reais.
 
O Seminário acontece nos dias 25 e 26 de fevereiro, no Auditório do Centro Sócio-Econômico, com sessões temáticas voltadas para cada Estado objeto da pesquisa, conforme programação abaixo.
 
Mais informações com o professor Renato Ramos Campos, do Departamento de Ciências Econômicas, telefones (48) 3721-6681, 9981-4622, 9163-0260.

Compartilhar