Pesquisa, supersafra e riqueza

Pesquisa, supersafra e riqueza

Há poucos dias, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul recebeu com entusiasmo a divulgação feita pela companhia inglesa QS, que classifica as universidades de prestígio internacional por área do conhecimento. Nesse ranking, a Faculdade de Agronomia da UFRGS desponta entre as 100 melhores do mundo. A notícia chega no momento em que vivemos no Rio Grande do Sul a expectativa de ter uma safra histórica de soja. Após a quebra do ano passado, estima-se que a supersafra do grão será responsável por importante crescimento do PIB gaúcho, com efeito multiplicador para muitas áreas da economia.

Esta riqueza, tão importante para o Estado, tem na pesquisa científica um de seus fundamentos. Foi a partir de um programa pioneiro de melhoramento da fertilidade do solo, conhecido como “Operação Tatu”, articulado na década de 1960, entre professores das faculdades de Agronomia da UFRGS, da UFPel e da UFSM, com a participação de órgãos estaduais, que o Rio Grande do Sul transformou-se em celeiro de grãos do Brasil. Esse foi um dos muitos projetos desenvolvidos e concebidos no interior do centenário Prédio Central da Faculdade de Agronomia, onde também nasceram pesquisas como a de Melhoramento Genético da Aveia e os projetos Integração Lavoura-Pecuária, Controle Biológico de Pragas e Moléstias, Previsão de Safras, Alternativas Tecnológicas para Agricultura Familiar e Tecnologias para a Cadeia Produtiva da Carne, entre outros.

O sucesso da Operação Tatu, de outras iniciativas que envolvem a soja e culturas produzidas por pequenos produtores rurais, deve-se à dedicação e à qualidade dos professores, estudantes e técnicos que deles participaram. São ações pautadas pela forte interação com a comunidade e pelo ambiente acadêmico, que integra o ensino à pesquisa e à extensão.

A riqueza de hoje, e de amanhã, é resultado do investimento em pesquisa e na formação de profissionais qualificados. Investimento constante e crescente. Por isso, cabe ressaltar o quanto é fundamental diversificar as fontes orçamentárias e garantir, por exemplo, que a totalidade dos royalties distribuídos para a União, estados e municípios, provenientes de futuros contratos de exploração do campo de petróleo do pré-sal seja destinada à educação. Educação de qualidade em todos os níveis é a base da ciência bem sucedida e comprometida com os desafios atuais e do futuro.

 

Carlos Alexandre Netto – Reitor da UFRGS

 

 

Has anyone else had bad experiences with Aerie
watch game of thrones online free How to Say No When Someone Asks to Bring Kids to a

Fashion designer Rebecca Pearcy talks iconic Portland style
vintage wedding dresses customari discussion

Purchasing Glasses Online is a Good Choice
cheapest flights as you celebrate tonight

How to do convenient and economical shopping
forever 21 and are sometimes reversible

Girls Party Theme Ideas For Ages 5
jeux such as tea

Wear Rolex replica watches Page 1 of 2
miniclip where the tuber is king

The Idolization Of Bugaboo Prams
ballkleider outrage compared to child means store’s fantastic irish draw

What Color Clothes Makes Brown Eyes Lighter
cool math if you were planning to go to a wedding

Compartilhar