Pesquisadores da UFSCar lançam, em São Carlos, livro sobre Estratégia Competitiva na Prática

Pesquisadores da UFSCar lançam, em São Carlos, livro sobre Estratégia Competitiva na Prática

Lançamento acontece no dia 17 de março, às 19 horas, na livraria Cia dos Livros, localizada do Shopping Iguatemi

“Estratégia Competitiva na Prática: Teorias, Ferramentas, Estrategistas e Casos no Brasil” é o título do livro que será lançado na próxima quinta-feira, dia 17 de março, às 19 horas, na livraria Cia dos Livros, do Shopping Iguatemi, na cidade de São Carlos (SP), pelos autores Alceu Gomes Alves Filho, docente do Departamento de Engenharia de Produção (DEP) da UFSCar, e Jonas Lucio Maia, doutor em Engenharia de Produção pela Universidade.

A obra, editada pela Paco Editorial, apresenta os principais conceitos e recomendações de cinco diferentes escolas da estratégia, traz 27 ferramentas que podem ser usadas para “praticar” a Estratégia Competitiva e descreve características dos estrategistas brasileiros. Além disso, o livro também reproduz as experiências práticas das empresas trazendo pesquisas com empresas listadas na BM&FBOVESPA e seis cases aprofundados com empresas.

Para Jonas, em um cenário empresarial cada vez mais competitivo, as Estratégias Competitivas das companhias ganham uma relevância ainda maior. No caso específico do Brasil, o processo de desaquecimento econômico vivido nos últimos anos, após períodos de crescimento, coloca pressões adicionais sobre os gestores que lidam ou que são impactados no seu dia a dia pelas Estratégias Competitivas. Além disso, como o livro apresenta, os gestores brasileiros têm uma série de características específicas que pouco foram estudadas.

O livro contempla tanto um survey com empresas listadas na BM&F Bovespa, bem como estudos de caso com seis empresas, dentre elas a GOL, Localiza e Usiminas. Entre os resultados obtidos desta pesquisa, que integrou a tese de doutorado de Jonas, estão a de que as visões internas e externas da origem de vantagem competitiva são, de fato, percebidas como complementares no que tange às estratégias da firma; mesmo em setores mais tradicionais, as empresas os percebem como dinâmicos, seja por mobilidade de empresas, por consolidação de grupos ou por rivalidades internas; a inovação tende a ser mais focada em processos que produtos, e existe uma lacuna entre inovação pretendida e aquela efetivamente implementada; e ao menos nas empresas estudadas, baixa relevância pode ser atribuída à questão do conhecimento como diferencial estratégico.

No que se refere às práticas, tem-se que na maioria das empresas existe um ciclo anual de planejamento estratégico, com foco em atividades de formulação e que é percebido como estático; as ferramentas de estratégia foram percebidas como de alta eficácia e principalmente voltadas para estruturação de análise e garantia de implementação, com destaque para abundância de ferramentas financeiras e escassez de ferramentas de criatividade.

Por fim, acerca dos praticantes, tem-se que ficou evidenciada a existência de uma estrutura organizacional com responsabilidade sobre planejamento estratégico da empresa, geralmente próxima a áreas de finanças; e a imprensa de negócios assume pouca relevância, sendo substituída, em alguma medida, por releases financeiros das empresas ou informações de entidades setoriais.

O Shopping Iguatemi São Carlos está localizado no Passeio dos Flamboyants. A confirmação de presença no evento de lançamento pode ser feita pela internet http://editorialpaco.com.br/confirma/jonasalceu/confirma.php.

Coordenadoria de Comunicação Social – Universidade Federal de São Carlos

Compartilhar