Pista de atletismo da UFSC será inaugurada

Pista de atletismo da UFSC será inaugurada

A Pista Sintética de Atletismo do Centro de Desportos (CDS) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será inaugurada na quinta-feira, 26 de março, às 15h30min. A estrutura, coberta com a borracha natural Mondo, permite provas de corrida; saltos em altura, distância e triplo; arremesso de peso e lançamentos de dardo, martelo e disco. Além das cerimônias formais, o CDS irá simular uma competição para marcar a abertura.

Com a pista de 400 metros de extensão e oito raias, a UFSC é uma das 172 sedes selecionadas como opção de treinamento e aclimatação para as Olimpíadas Rio 2016. A empresa responsável pela construção, Playpiso, irá acionar a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) para certificar a pista na classe 2, o que permite a realização de competições internacionais na UFSC.

O projeto de reforma da pista, construída há 40 anos, foi idealizado pelo diretor do CDS, Edison Roberto de Souza, e as obras foram iniciadas em abril de 2014. O custo total – incluindo elaboração do projeto, aquisição dos componentes, armazenagem e transporte do piso e execução da obra – foi de mais de R$ 7,7 milhões. A verba foi repassada pelo Ministério dos Esportes.

Quando foi inscrita como sede de treinamento e aclimatação junto ao Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016, a pista ainda era apenas de carvão. O resultado da seleção alavancou a obtenção de recursos para sua transformação em pista sintética.

A UFSC é candidata ao credenciamento na Rede Cenesp (Centro de Excelência Esportiva de Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologias na Área Esportiva), hoje composta por oito universidades federais e uma estadual. Com a nova pista, um dos objetivos é tornar a UFSC um centro de treinamento de atletas de alto rendimento. “Florianópolis conta com um pool de locais que podem servir de espaço de treinamento para diversas modalidades, e a UFSC é um deles.”

A projeção de atendimento após a inauguração é de 500 pessoas por semana, entre estudantes, comunidade externa à Universidade e atletas. As normas para utilização da pista serão as mesmas das para uso de outros espaços do CDS, com convênios e parcerias para projetos de extensão, como a piscina, e serão submetidas em breve ao Conselho Universitário (CUn). “Temos uma nova pista de carvão paralela, para corrida e caminhada. A pista olímpica também poderá ser usada, mas de acordo com o regulamento, para não danificar o piso”, explica o diretor do CDS. O campo de futebol no centro da pista sintética está na fase final, faltando sinalização e as traves móveis.


Agecom UFSC

Compartilhar