Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero divulga resultado

Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero divulga resultado

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT), a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM/PR), Ministério da Educação (MEC) e Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (UNFEM) divulgam os nomes dos ganhadores da 4ª edição do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero. O grande destaque desta edição foi o aumento em 301% nas redações recebidas na categoria de Ensino Médio, e de 56% nos trabalhos da categoria de Estudante de Graduação e Graduados, em relação à terceira edição. No total, o prêmio recebeu 3.002 trabalhos, representando um aumento global de 247% com relação à edição anterior.   

Criado em 2005, a premiação acontece por meio do concurso de redações para estudantes do ensino médio e de artigos científicos para estudantes de graduação e graduados, com o objetivo de estimular a produção científica e a reflexão acerca das relações de gênero no País e promover a participação das mulheres no campo das ciências e carreiras acadêmicas. Busca também contribuir para a construção de um ambiente democrático de discussão nas escolas e universidades de todo o país sobre as desigualdades existentes entre mulheres e homens e incentivar os alunos e alunas a produzirem textos sobre o tema.

O julgamento na categoria de Estudante de Graduação e Graduado ocorreu na última quarta-feira (08/04) e contou com a presença da vice-presidente do CNPq, Wrana Panizzi e representantes da Secretaria Especial de Políticas para Mulheres (SPM), do MEC e da UNIFEM.

Foram agraciados na categoria Graduado os três melhores artigos, são eles: Sonia Cristina Hamid, da Universidade de Brasília (UnB), tendo como orientadora a professora Ellen Woortmann, com o trabalho: "Ser Palestina no Brasil: memórias de guerra, experiências de gênero"; Zelinda Rosa Scotti, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), tendo como orientador o professor René Gertz, com o trabalho: "Loucas Mulheres Alemãs"; Jorge Dorfman Knijnik, da Universidade de São Paulo (USP), com o trabalho: "Muito além dos estereótipos: teatros, gênero e direitos humanos na cultura infantil".

Na categoria Estudante de Graduação os agraciados são os estudantes: Quelen Brondani de Aquino, da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC), tendo como orientadora a professora Marli Marleno Moraes da Costa, com o trabalho: "Justiça Restaurativa nas Relações de Gênero: Recurso Adicional na Mediação de Conflitos envolvendo Mulheres em Situação de Violência Doméstica"; – Caroline Silva de Oliveira, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, tendo como orientador o professor Marcelo Victor da Rosa, com o trabalho: "Mulheres em Quadra: o Futsal Feminino fora do Armário"; – Andrei Martin San Pablo Kotchergenko, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), tendo como orientadora a professora Cristina Scheibe Wolff, com o trabalho: "A Participação das Mulheres na Luta Armada no Cone Sul".

As redações da categoria de Estudante de Ensino Médio foram avaliadas pela sua comissão no dia 31 de março. A comissão agraciou as três melhores redações da Etapa Nacional, dos estudantes: Ketlin dos Santos Cerqueira, do Colégio Estadual Novaes Filho, da Bahia; Jefferson Rocha, da Associação Educacional Professora Noronha, do Maranhão; e Amanda Vieira Guimarães Frias, do Colégio Resende, do Rio de Janeiro. E na Etapa Estadual foram escolhidos 15 estudantes, um por cada Unidade de Federação.

A Comissão Julgadora da Categoria Estudante de Ensino Médio foi composta por Maria do Rosário de Fátima Andrade Leitão, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); Andréa Paula dos Santos, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG); Carla Giovana Cabral, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Natália Fontoura, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA); Natália Mori Cruz, do Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFEMEA); Soninha Francine, Sub-Prefeita da Lapa/SP; e Rosa de Lourdes Azevedo dos Santos, do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher.  

Já a Comissão Julgadora das Categorias Graduado e Estudante de Graduação foi composta por: Lucila Scavone (UNESP), presidente da comissão; Russell Parry Scott   (UFPE); Ligia Bellini (UFBA);Cláudia Pereira Vianna (USP); Wivian Weller  (UnB); Zeidi Araujo Trindade (UFES); Viviane Maria Heberle (UFSC)

Conheça os trabalhos vencederos em
http://www.cnpq.br/saladeimprensa/noticias/2009/0413a.htm

Compartilhar