Professor da UFERSA lança livro com inquietações acadêmicas

Professor da UFERSA lança livro com inquietações acadêmicas

Fruto de estudos e pesquisas do Grupo de Estudos em Política, Educação e Ética, o professor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, do Campus de Caraúbas, publica o livro Ciências Humanas em Debate, pela editora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O livro é uma organização conjunta dos professores Ricardo Araújo, da UFERSA Caraúbas; Fábio Fortes, da Universidade Federal de Juiz de Fora, e Cláudia Roberta, da UFRPE.

A publicação é o primeiro volume da coleção Reflexões, que dispõe de um corpo editorial de caráter nacional, tendo como Editor Chefe, o professor da UFERSA Angicos Ricardo George de Araujo Silva. Ainda consta no livro a contribuição do professor, Napiê Galvê, do Departamento de Ciências Sociais da UFERSA Mossoró, com o capítulo sobre “Objetivos de desenvolvimento do milênio”. A coleção é fruto das pesquisas e inquietações da vida acadêmica dos professores.

“Com este projeto, buscamos oportunizar duas vias de circulação das ideias, uma através da publicação de livros, que ganha corpo com a coleção Reflexões, materializando-se com este texto, Ciências Humanas em debate; outra, através da Revista Reflexões, que se encontra em processo de gestação, mas logo entrará em cena”, adianta o professor Ricardo Araujo. O professor entende que não basta produzir ideias, mas, sobretudo, oportunizar sua circulação. “A coleção Reflexões, e em muito breve, a Revista Reflexões cumprirão este papel”, acredita.

Para o professor, tanto a Revistas como a Coleção Reflexões vêm somar com outras publicações na divulgação do debate das ideias produzidas na academia. “Não temos a pretensão de ser, em nenhum um momento, a última voz no tocante à produção em torno das ciências humanas. Ao contrário, queremos ser mais uma voz em meio à polifonia existente e, assim, contribuirmos para o debate profícuo de ideias relevantes, sejam elas da tradição ocidental, sejam elas da contemporaneidade. Importa para nós sermos esse espaço em que os discursos venham à tona e ganhem propulsão no meio acadêmico e, sobretudo, na sociedade como um todo. Afinal, o que importa é a Reflexão”, argumenta o professor editor, Ricardo Araújo.

Compartilhar