Professor da UFMG lança livro sobre acervos literários

Professor da UFMG lança livro sobre acervos literários

Margens teóricas: memórias e acervos literários, organizado pelos professores Roberto Said (UFMG) e Sandra Nunes (FIEO), será lançado no próximo sábado, 16 de outubro, às 11 horas, na livraria Mineiriana, em Belo Horizonte. O livro reúne artigos de professores, alunos de graduação e pós-graduação vinculados ao projeto Acervo de Escritores Mineiros da Universidade Federal Minas Gerais.

De acordo com o professor Roberto Said, o livro é um dos resultados do projeto que completou dez anos de existência. Ele explica que o desenvolvimento cultural da sociedade e do mundo midiático propiciou o surgimento de um novo fenômeno: o autor também se tornou um personagem de si mesmo. “A fronteira entre a ficção e a realidade é cada vez mais tênue. Até a primeira metade do século XX, os acervos literários eram analisados para se entender a vida e o percurso criativo do autor, hoje nós entendemos que eles fazem parte da ficção”, afirma Said.

Os acervos literários sempre existiram, mas apenas no século XIX eles passaram receber uma organização sistematizada. Além de preservar a memória, os arquivos permitem a comparação entre a obra definitiva e os materiais do escritor para sua composição.

Em Margens teóricas: memórias e acervos literários, os autores analisam obras de escritores mineiros e clássicos da literatura nacional e estrangeira. Entre eles se destacam: Carlos Drummond de Andrade, Vinícius de Moraes, João Cabral de Melo Neto, Murilo Rubião e Chordelos de Laclos.

Compartilhar