Professor da UFSC oferece dicas para o uso do transporte coletivo durante a pandemia

Professor da UFSC oferece dicas para o uso do transporte coletivo durante a pandemia

A volta do transporte coletivo municipal já é uma realidade a partir desta semana em muitas cidades catarinenses. Com a liberação de funcionamento pelo governo do Estado, cidades onde a UFSC tem campi já precisam lidar com medidas de segurança nos ônibus.

A retomada, em todas elas, vem com uma série de regras para passageiros e empresas. O professor da UFSC, Oscar Bruna-Romero, tem dicas para você, passageira ou passageiro que precisa usar o ônibus para se deslocar durante a pandemia de Covid-19. 

Veja como se proteger:

Use a máscara facial da maneira correta

Comece sempre saindo de casa de máscara. Sempre. O vírus, como sabemos, pode ser respirado, então, use a máscara facial, da maneira correta e não a retire em momento algum. Nem pendure na orelha, no queixo, ou na testa! Quer aprender a fazer a sua? A UFSC ensina.

 

 

Considere que tudo está sujo

Tudo bem, pode ser que esteja tudo limpo. Mas para sua segurança, pense que está tudo sujo, inclusive com o vírus, dentro do ônibus. Não precisa entrar em pânico, porque o vírus não entra pela pele, mas entra se você tocá-lo e então levar as mãos ao nariz, boca ou olho.

 

 

Evite usar dinheiro em espécie

Pague sua passagem com o cartão eletrônico, empurre a catraca com os quadris ou a barriga, evitando usar as mãos.

 

 

 

Ocupe suas mãos

Quando chegar ao seu assento, deixe as mãos quietas. Segure alguma coisa (um objeto, uma sacola) para evitar tocar seu nariz, boca ou olhos.

 

 

 

Tente não usar o celular. 

Se você acha que não vai ter jeito, vai ter que usar o aparelho, então se prepare antes de sair de casa. Enrole o celular completamente com filme de PVC transparente fino. O celular vai continuar funcionando, e você vai conseguir digitar muito bem e talvez só precise falar mais alto, mas poderá higienizá-lo com o mesmo álcool em gel que usa para as suas mãos.

 

Evite a proximidade das pessoas

Tente manter a distância das pessoas. O ideal é um metro de distância, e, se possível, perto de uma janela aberta. Tente sentar-se sozinho, sem ninguém ao lado, e, se não for possível, prefira viajar em pé. Sinta o vento bater no rosto e tente relaxar.

 

 

Fique longe de quem tosse

Não é pra ter ninguém doente no ônibus. Se você tem algum sintoma, não saia de casa. As empresas terão que certificar-se que as pessoas não estão doentes ao entrar no transporte coletivo, então não é para acontecer. Mas, vai que tem alguém tossindo no ônibus… o que fazer?

Primeiro, não deixe que alguém tussa perto de você. Se o vizinho não está sabendo, comunique a ele que use o braço ou coloque um lenço na boca para tapá-la ao tossir. Lembre-o da etiqueta da tosse. E, se não adiantar, e se a pessoa não sair de perto de você, então levante-se e saia de perto dela. Não relaxe neste ponto. É o mais perigoso.

Cuidado ao cumprimentar alguém

Não cumprimente ninguém na rua com um aperto de mãos, dando um abraço ou um beijo. Lembre-se do distanciamento de pelo menos um metro. Dá pra ser carinhoso ao cumprimentar de longe, dando um tchauzinho.

 

 

Ao chegar, use o álcool em gel ou lave as mãos

Chegou ao destino? Desça, e antes de mais nada, passe álcool em gel nas mãos e esfregue bem. Nada de 10 segundos, tem que ser pelo menos 30 segundos, com bastante álcool. Não só esfregue as palmas, mas também as pontas dos dedos de cada mão com a palma contrária em círculo, as palmas com a parte de atrás das duas mãos e até entre os dedos, como se fosse rezar.

Não tenha vergonha nessa hora! Continue caminhando tranquilamente até onde precisar ir, e lembre-se que a rua é um lugar muito seguro. Só precisa mesmo se preocupar com o que você toca e onde leva as suas mãos. Siga mantendo suas mãos ocupadas, e nunca toque sua máscara com as mãos sujas.

Veja este vídeo do professor Oscar sobre como aplicar corretamente o álcool em gel nas mãos:

 

E se sentir coceira no rosto?

Pois é, pode acontecer. Caso sinta aquela coceira chata no rosto, use um lenço de papel ou lave primeiro as mãos com água e sabão. Nunca use álcool em gel antes de coçar os olhos, isso é muito importante – o álcool é tóxico para as mucosas, deixam resíduos que não devem ir nos olhos das pessoas, ou causarão irritação. Confie mesmo na água e sabão e só toque nos olhos, nariz e boca depois de ter as mãos bem lavadas.

E se der fome ou sede?

Comer ou beber algo implica tirar a máscara. No ônibus, não é seguro, então prefira se alimentar na rua ou em lugares bem arejados. Também é melhor usar copos e pratos descartáveis, de preferência de papel ou papelão reciclável. E, mais uma vez, não se esqueça de lavar as mãos ou passar álcool em gel antes de tirar a máscara e antes de comer.

Compartilhar