Professor da UFSCar recebe prêmio internacional oferecido pela Academia de Ciências dos Países em Desenvolvimento

Professor da UFSCar recebe prêmio internacional oferecido pela Academia de Ciências dos Países em Desenvolvimento

Edgar Zanotto, docente do Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade, foi reconhecido pelos estudos com cristalização em vidros

O professor Edgar Dutra Zanotto, do Departamento de Engenharia de Materiais (DEMa) da UFSCar e membro da Academia Brasileira de Ciências recebeu o prêmio oferecido pela Academia de Ciências dos Países em Desenvolvimento (TWAS). Zanotto foi reconhecido pela sua contribuição nos estudos sobre nucleação e crescimento de cristais em vidros e pelo desenvolvimento de novos materiais vitrocerâmicos. A indicação para o prêmio foi feita pelo membro da TWAS José Fernando Perez, diretor científico da Fapesp entre 1993 e 2005. Para Zanotto, a premiação reflete os esforços realizados na consolidação da UFSCar, em especial do Laboratório de Materiais Vítreos (LaMaV) do DEMa. “Acredito que esse prêmio seja um ótimo indicador do padrão rigoroso e inovador das pesquisas realizadas no Laboratório de Materiais Vítreos do DEMa nos últimos 35 anos. Espero que mais esta boa notícia sirva para demonstrar definitivamente o padrão internacional do DEMa-UFSCar, e para atrair bons alunos e mais financiamento aos nossos projetos de pesquisas”, acredita. De acordo com o docente, a notoriedade da UFSCar na comunidade acadêmica evoluiu expressivamente em 2010. “Este ano tem sido excelente! Há alguns meses tivemos a revelação que o LaMaV-UFSCar aparece no topo do ranking Scopus dos mais prolíficos sobre “nucleação e crescimento de cristais em vidros”, em seguida nossa indicação como Editor-in-chief do Journal of Non-Crystalline Solids, o mais importante periódico científico internacional sobre vidros, e finalmente o prêmio TWAS”, avalia. O recebimento do Prêmio, destinado à excelência científica em várias áreas do conhecimento, acontece durante o TWAS's 22nd General Meeting, que será realizado no próximo ano, no Marrocos.

Compartilhar