Professor da UNIFAL-MG lança livro sobre sociologia da juventude

Professor da UNIFAL-MG lança livro sobre sociologia da juventude

As principais concepções de juventude criadas na sociedade contemporânea e pela sociologia são apresentadas no recente livro do professor e doutor em Ciências Sociais, Luís Antonio Groppo.
A obra, lançada durante o “Seminário Memorial das Ocupações Estudantis”, realizado na Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), tem como título “Introdução à sociologia da juventude” e foi dividida em três capítulos.

No primeiro, o autor demonstra como uma determinada concepção sociológica da juventude se constitui. Já no segundo, ele aborda o tema da reinvenção da sociologia em tempos em que os jovens sofrem uma verdadeira mutação, quando o corpo docilizado se torna rebelde. E, no último capítulo, temos a trajetória da sociologia da juventude, a partir dos anos de 1970, e a retratação do período em que as categorias etárias entram em colapso: os jovens ostentam cartazes que exigem algum tipo de sentido para o curso de suas vidas.

Disponível nas versões impressa e digital, a publicação é voltada a profissionais da educação, pesquisadores interessados no tema da juventude, militantes e participantes de movimentos e organizações juvenis.

O autor pesquisa a juventude e os movimentos estudantis desde sua graduação e publicou diversas obras sobre o assunto, como “Juventudes: sociologia, cultura e movimentos” (Clube de Escritores, 2016) e “Autogestão, universidade e movimento estudantil” (Autores Associados, 2006).

Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Groppo é docente na UNIFAL-MG e coordena o grupo de estudos sobre a juventude.

A obra impressa está disponível para venda no site www.pacolivros.com.br.

Por Fabiana Groppo

Compartilhar