Professora da Ufac lança livro, em coautoria, sobre temática indígena

Professora da Ufac lança livro, em coautoria, sobre temática indígena

A professora Célia Collet, do campus Floresta da Universidade Federal do Acre (Ufac), em Cruzeiro do Sul, lançou neste ano, em coautoria com Mariana Paladino e Kelly Russo, o livro “Quebrando Preconceitos: subsídios para o ensino das culturas e histórias dos povos indígenas”, sob o selo da editora Contra Capa e financiado pelo Laboratório de Pesquisas em Etnicidade, Cultura e Desenvolvimento (Laced), do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O livro tem o objetivo de servir como recurso didático para uma nova maneira de abordar a temática indígena no ensino básico público e particular. Nesse sentido, apresenta proposta de atividades, reúne fontes e sugestões de textos, filmes e sites, estabelecendo uma conexão entre conteúdos acadêmicos e conteúdos trabalhados no currículo escolar.

Segundo as autoras, na apresentação do livro, os conteúdos relativos aos povos indígenas abordados em sala de aula são insuficientes e reprodutores de preconceitos. Elas chegam a essa conclusão por meio de entrevistas com professores e observação de aulas em diferentes escolas. Também analisam que a temática indígena abordada atualmente é a mesma a que pessoas de 60 a 80 anos tiveram acesso, no âmbito escolar, quando crianças.

Assim, para as autoras, o índio é apresentado como um ser associado ao passado e cuja presença importante se restringe à formação do Brasil colônia e à constituição do povo brasileiro: “o ‘índio’ como um genérico, sem atentar para a diversidade cultural das mais de 305 etnias presentes em nosso país; o ‘índio’ como alguém que vive na floresta, isolado e nu, subsistindo apenas da caça e da pesca, e aqueles que fogem desse padrão ‘já não sendo índios’; e o ‘índio’ como ser preguiçoso, que ocupa muitas terras e atrapalha o desenvolvimento da nação, entre outros estereótipos” (pág. 5).

As atividades que constam no livro procuram a ruptura contra ideias preconceituosas a respeito dos indígenas; foram sugeridas não só pelas autoras, mas por professores da educação básica, estudantes indígenas do Programa de Educação Tutorial Comunidades Indígenas da Ufac e bolsistas da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense, da UFRJ.

O livro está no site www.contracapa.com.br, custa R$ 24, e pode ser encomendado pelo e-mail atendimento@contracapa.com.br.

Sobre as autoras

Célia Collet e Mariana Paladino possuem mestrado e doutorado em Antropologia pela UFRJ. Célia é professora de Antropologia e coordenadora do Programa de Educação Tutorial Comunidades Indígenas da Ufac. Kelly Russo é mestre em Ciências Sociais e Educação e doutora em Educação Brasileira pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Ascom-Ufac


2007 fashion trends in urdu
free games online The weirdness isn’t a surprise but it’s frustrating

An Inside Guide to Picking up a Bridal Gown
cheap flights The one exception of course was Hungry Ted

BAPE Ice Cream Clothing Popularity
forever 21 Trends I Will Avoid Some things are better left unsaid

Naked with Grey Flowing Hair her New Look
jeu gratuit damaged thought-about work popular

Follow Budget Note Buy Used Clothes Online
miniclip needs generally override wants

Thriving outlet stirs a debate
kleider What is the Lymphatic System

NORAD Scrambles Jets to find Missing Santa
ballkleider policies a thong brazilian bikini

Choosing The Right New Balance Shoes
cool math games state star design

Compartilhar