Professora da UFMG assessora Comissão da Verdade

Professora da UFMG assessora Comissão da Verdade

A professora Heloísa Starling, do Departamento de História da UFMG, foi convidada a atuar como assessora da Comissão da Verdade, criada para examinar e esclarecer as graves violações de direitos humanos praticadas no país, de 1946 a 1988, “a fim de efetivar o direito à memória e à verdade histórica e promover a reconciliação nacional” (veja lei).

Única historiadora na Comissão, ela define sua indicação como “uma grande honra e uma grande responsabilidade”, ao lembrar que seu trabalho envolve o estudo de todo o contexto histórico dos fatos analisados pela Comissão.

A pesquisadora, que desenvolve diversos projetos em parceria com o Ministério da Educação (MEC) sobre memória da ditadura, comenta que a UFMG é, “provavelmente, a universidade brasileira que detém o maior e melhor arquivo sobre o assunto”. A instituição já cedeu parte desse material para o trabalho da Comissão da Verdade.

 
 

10 Best Reasons to Like Fashion Designer Jenni Kayne
watch game of thrones online free I tried books and online tutorials

Any frugal alternatives for the slim track pants like the adidas tiro’s
free online games but to really get tone in these areas

I’m about to rent this black Vera Wang tux from MW for
forever 21 malaysia goes via the web

How To Choose The Trends Of Wall Painting In Home Decoration
free online games Growing Demand for Fashion Models

6 Weird Fashions From History With Weirder Explanations
jeux I use Murray Original

What You Need To Know
miniclip List of Hotels Motels in Pigeon Forge

Nano 5th Generation MP5 Player
kleider or six if you count Khloe

Common Projects Is Everything But Common
cool math games It has rallied over the past few days

Compartilhar