Professoras da UFPE lançam livro que discute o medo como norteador das ocupações no Sertão

Professoras da UFPE lançam livro que discute o medo como norteador das ocupações no Sertão

As professoras da UFPE Socorro Ferraz e Bartira Ferraz Barbosa vão lançar o livro “Sertão: Fronteira do Medo” na próxima quarta-feira (20), às 19h, na Galeria Arte Plural, localizada na Rua da Moeda, 140, no bairro do Recife. A entrada é gratuita e aberta ao público. A obra tem o objetivo de mostrar como ameaças diversas influenciaram a cartografia do Sertão do Brasil Colônia ao século XIX.

“Sertão: Fronteira do Medo” traz inovações à historiografia por expor o medo como norteador das ocupações no Sertão do período colonial ao século XIX, além de usar referências documentais e cartográficas, em geral, pouco exploradas em pesquisas anteriores.  “As conquistas de terras no Brasil desde períodos coloniais foram violentas e provocaram guerras, instabilidade, extermínio de aldeias indígenas inteiras e muito medo. Ao analisar o material, encontramos inúmeros relatos de ameaças, de emboscadas, de crimes, e relações econômicas inseguras e afins, pelos dois lados. Entendemos que o medo como elemento psicológico fez parte da conquista dos sertões. Como uma ferramenta de poder o encontramos em diversos suportes documentais manuscritos, impressos e gravados inseridos na nossa pesquisa”, explica Bartira Ferraz Barbosa.

O estudo ocorreu em diferentes etapas a partir da década de 1990 com base em fontes históricas primárias, isto é, manuscritos e impressos do período colonial ao século XIX. A dificuldade de se preservar a identidade histórica dessas populações, aliada à escassez documental, foi parcialmente contornada pelo esforço das autoras, que estenderam suas pesquisas aos acervos cartoriais e eclesiásticos da região do médio São Francisco, ainda existentes, e também a acervos documentais em Portugal e na Holanda.

PESQUISADORAS – Socorro Ferraz é bacharel e licenciada em História pela UFPE (1961), realizou estudos doutorais em História pela Universidade de Bielefeld (1975 – 1980) e doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1992). É professora aposentada da Universidade Federal de Pernambuco, consultora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e consultora da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Já Bartira Ferraz Barbosa é licenciada e bacharel em História pela UFPE (1987), com mestrado em História do Brasil Colonial pela UFPE (1991) e doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo – USP (2004). Atualmente é professora do curso de História da UFPE

ASCOM – Universidade Federal de Pernambuco

Compartilhar