Professores da UFSCar publicam livro sobre fundamentos do pensamento educacional

Professores da UFSCar publicam livro sobre fundamentos do pensamento educacional

Docentes organizaram obra que traz modelos de ensino de diversas épocas e conceitos pedagógicos de pensadores importantes como Sócrates e Santo Agostinho

Uma organização didática e pluralista sobre vertentes do pensamento educacional e práticas pedagógicas usadas ao longo do tempo histórico – desde os povos primitivos até a Idade Média – foi o trabalho empreendido pelos professores do Campus Sorocaba da UFSCar, Paulo Gomes Lima e Silvio Cesar Marques, que resultou na publicação recente do segundo volume do livro “Fundamentos da Educação – Recortes e Discussões”.

Na obra – com 22 capítulos em 394 páginas – há a participação autoral de pesquisadores, pós-graduandos e docentes da UFSCar e de outras universidades. Dentre os capítulos se encontram os fundamentos da educação hindu, egípcia, heroica (Odisséia e Ilíada) e cívica (Esparta e Atenas) – um trajeto que se encerra no surgimento das universidades, já durante a Idade Média. O objetivo central do livro é trazer à luz o conhecimento historicamente produzido para que se possa refletir e problematizar as matrizes das tendências pedagógicas do cotidiano escolar, por vezes sequer identificadas como provenientes de discursos, ideologias e visões de mundo.

No Brasil, por exemplo, Silvio acredita que, ao contrário do que é anunciado e pregam os documentos oficiais, a escola ainda é “predominantemente tradicional, com traços de tecnicismo entre saberes e fazeres”. “É claro que entendemos que os tempos mudaram, mas até que ponto a escola mudou, uma vez que suas práticas e discursos ainda estão centrados numa educação por repetição e a criatividade é reduzida ao desenvolvimento de competências, habilidades e atitudes previstas?”, questiona o docente.

Paulo Lima concorda que a educação brasileira, adepta de um discurso progressista, segundo ele, é baseada num modelo “mesclado com maneiras tradicionais”. E mais: estruturalmente, ela estaria dividida entre uma escola direcionada à classe hegemônica e outra à população. Dentro desse panorama, Paulo também levanta uma questão que, em algum grau, é subjacente ao conteúdo do livro: “Que sociedade desejamos para a ruptura com a injustiça social e, consequentemente, para fazer valer a universalização e educação de qualidade para todos, sem dualismos?”

Coleção e lançamento
O primeiro volume de “Fundamentos da Educação – Recortes e Discussões” trata dos desdobramentos dos eixos histórico-filosóficos da área e, assim como o volume 2, visa auxiliar a formação de estudantes (sobretudo os de cursos de licenciatura), professores e educadores. A iniciativa do livro partiu do professor Paulo Gomes Lima, diante da demanda de docentes da Pós-Graduação em publicar os trabalhos de ensino e pesquisa desenvolvidos por eles e pelos mestrandos. A Editora Paco foi consultada e acolheu a ideia – não só publicaram o livro como, diante da robustez da proposta, sugeriram que fosse criado um selo e lançada uma coleção. “A preocupação do livro e dos próximos volumes que virão, em número aproximado de dez, tem como objetivo contextualizar, se não todas, algumas contribuições significativas e recorrentes, quer cronológicas ou não, dos fundamentos da educação, possibilitando a dimensão da descoberta, da crítica na área e principalmente a formação de um olhar crítico-reflexivo”, avalia Paulo Lima.

O evento de lançamento do livro está previsto para acontecer no dia 20 de maio, às 19 horas, no auditório do edifício ATLab do Campus Sorocaba da UFSCar, localizado no Km 110 da Rod. João Leme dos Santos, estrada que liga Sorocaba à Salto de Pirapora. Na ocasião também haverá a segunda edição de uma mesa-redonda cujo tema é “Educação de jovens e adultos para além dos muros da escola”, com a participação de docentes do Departamento de Ciências Humanas e Educação (DCHE) e convidados. O livro “Fundamentos da Educação – Recortes e Discussões, Volume 2” pode ser adquirido em www.editorialpaco.com.br/livro/fundamentos-da-educacao.


Ascom UFSCar

Compartilhar