Programa de Residência Multiprofissional da UFJF abre inscrições

Programa de Residência Multiprofissional da UFJF abre inscrições

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (HU/UFJF) abre, no dia 30 de novembro, as inscrições para seleção dos candidatos ao preenchimento de vagas no Programa de Residência Multiprofissional em Saúde, na área de concentração “Saúde do Adulto” com ênfase nas Doenças Crônico-Degenerativas, oferecido na instituição, e recentemente autorizado pelo Ministério da Educação (MEC).

O Programa tem início programado para o dia 1º de fevereiro, sendo que o Ministério da Educação (MEC) liberou 12 vagas, distribuídas entre as áreas profissionais de Análises Clínicas, Enfermagem, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia e Serviço Social. O curso integra o primeiro programa do MEC em residência não-médica e tem como princípio a política do Sistema Único de Saúde (SUS) que privilegia a prevenção. No ícone residências na página www.hu.ufjf.br/residencias, os candidatos encontram o edital completo e o formulário de avaliação do Curriculum Vitae. 

De acordo com o edital, o concurso será realizado no dia 19 de dezembro deste ano. Os candidatos aprovados receberão uma bolsa financiada pelo Ministério da Educação e com valor estipulado pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), em torno de R$1.900,00. Vários estudos apontam que, com o aumento de expectativa de vida e o consequente envelhecimento da população, as doenças crônico-degenerativas têm figurado como a maior causa de mortalidade e incapacidade no mundo, sendo responsável pela maioria de óbitos anuais. São os chamados agravos  não-transmissíveis, que incluem doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, câncer e doenças respiratórias. 

De acordo com a professora Lilian Pinto da Silva, que integra a Comissão, o curso terá duração de dois anos e vai ao encontro de uma expectativa tanto dos cursos de graduação quanto de pós-graduação. “Para a Universidade, é uma importante ponte com a graduação”, afirma.

Professores apostam no sucesso da proposta

O Programa de Residência Multiprofissional propõe-se ainda a humanizar as práticas de saúde, buscando a satisfação do usuário por meio do estreito relacionamento dos profissionais com a comunidade e estimulando o reconhecimento da saúde como um direito de cidadania e, portanto, expressão de qualidade de vida. Na prática, esses novos profissionais poderão se voltar para o atendimento à rede pública, em especial à saúde da família. “Isso representa uma mudança de cultura”, avaliam os profissionais. A Comissão é presidida pelo Prof. Marcelo da Silva Alves, do curso de Enfermagem.

Outras informações: (32) 4009-5393

www.hu.ufjf.br/residencias

Compartilhar