Projeto da UFCG leva Educação Política aos estudantes do Ensino Médio

Projeto da UFCG leva Educação Política aos estudantes do Ensino Médio

Cerca de 100 alunos do Estadual da Prata participam do curso e recebem informação através de palestras, debates, filmes, além de acompanhamento às sessões legislativas na Câmara Municipal de Campina Grande

Daqui a três meses, o Brasil vai escolher o novo Presidente do Brasil e cada Estado vai eleger seus representantes ao Governo Estadual, ao Senado e à Câmara Federal. O processo de votação é democrático, o voto é individual, sigiloso e é também uma tarefa que exige do eleitor consciência e responsabilidade.

Pensando em contribuir com a formação política de jovens estudantes de Campina Grande, desde o mês de abril deste ano, professores e alunos da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) estão ministrando um curso sobre Educação Política para cerca de 100 alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Elpídio de Almeida, o “Estadual da Prata”. As atividades acontecem todas as quintas-feiras nas dependências da escola, nos turnos manhã e tarde.

A proposta faz parte do projeto de extensão Cidadania Ativa, Valores e Instituições Políticas, desenvolvido pela Unidade Acadêmica de Ciências Sociais e financiado pelo Programa de Bolsas de Extensão (Probex 2010).

Através de palestras, mini-cursos, debates, apresentação de filmes e acompanhamento às sessões legislativas na Câmara Municipal de Campina Grande, os alunos têm a oportunidade de conhecer a história, a natureza e a função das principais instituições políticas brasileiras. “Nosso objetivo é estimular a participação dos jovens na atividade política na perspectiva de consolidação de uma consciência republicana e cívica”, explica o coordenador do projeto, o professor e cientista político Fábio Machado.

Para Fábio, é necessário discutir com a sociedade a responsabilidade que todos têm sobre o nosso cotidiano. “Precisamos solidificar a base crítica necessária à compreensão de nossa realidade política e uma participação qualificada das pessoas no processo eleitoral requer informação e isto pode ser desenvolvido por meio da educação”, declara.

Debate com os candidatos

Uma das idéias do projeto é promover um debate com os candidatos paraibanos das chapas majoritárias que concorrer ao Governo, Senado e à Câmara Federal. “Estamos tentando viabilizar esses debates entre os meses de agosto e setembro para que os alunos do projeto possam fazer perguntas e pôr em prática os conhecimentos adquiridos no curso”, revela.

Origem

A idéia de elaborar o projeto Cidadania Ativa, Valores e Instituições Políticas, surgiu no ano passado, através dos estudos sobre Cidadania e Instituições Políticas Brasileiras, promovido pelo Grupo de Estudos em Ciência Política do Fórum Permanente de Estudos Políticos da Área de Política do Curso de Ciências Sociais da UFCG.

O curso objetiva debater com os alunos da universidade os principais problemas e transformações políticas ocorridas na sociedade brasileira a partir da última década até os dias atuais.

De acordo com Fábio Machado, os debates foram tão estimulantes que deram origem à idéia de difundir e partilhar as discussões com jovens estudantes do ensino médio da rede pública de Campina Grande. “Sustentamos que a política deve ser debatida e requer participação ativa de todos. Necessitamos olhar para nossa realidade, para o nosso cotidiano, participar ativamente da resolução dos problemas de ordem pública que interferem em nossas vidas Se existe um desinteresse ou um problema em entender a política, explicá-la é tarefa urgente”, finaliza.

As atividades do projeto no Colégio Estadual da Prata serão desenvolvidas até o final deste ano.

Compartilhar