Protesto pede maior autonomia para a Coppe-UFRJ

Protesto pede maior autonomia para a Coppe-UFRJ

Pesquisadores, professores, alunos e funcionários da Coordenação de Programas em Pós-Graduação de Engenharia (Coppe), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), fizeram nesta segunda-feira um protesto em defesa da autonomia e da pesquisa universitária na instituição. Segundo a Coppe, auditores da Controladoria Geral da União (CGU) têm criado regras que vem prejudicando o funcionamento de seus laboratórios. A manifestação ocorreu nas escadarias da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), no centro do Rio, durante a cerimônia de entrega da Medalha Tiradentes ao instituto pelos seus 50 anos de criação.

Para a Coppe, maior instituição de ensino e pesquisa em engenharia da América Latina, a cartilha Coletânea de Entendimentos, publicada pela CGU em parceria com o Ministério da Educação, representa uma “violação da Constituição Federal”. No ano passado, o governo federal investiu cerca de R$ 320 milhões no instituto, que também tem investimentos privados.

“A CGU é, na prática, contra os nossos laboratórios, e a cartilha impede a sua manutenção. Se é preciso substituir algum equipamento para uma pesquisa em andamento, com os procedimentos burocráticos, isso levaria no mínimo seis meses. Então o processo se inviabiliza, não tem mais sentido fazer pesquisa nenhuma”, disse o diretor da Coppe, Luiz Piguelli Rosa.

Segundo o diretor, a cartilha estabelece regras para os recursos obtidos de empresas parceiras da universidade. “Tal qual aconteceu com Tiradentes, que a Coroa Portuguesa mandou enforcar e salgar a terra para que não nascesse mais nada ali, a controladoria pretende jogar sal na Ilha do Fundão, demolir os prédios, despedir os pesquisadores. É a coisa mais nociva que existe no Brasil’, disse Pinguelli Rosa.

De acordo com a assessoria da CGU, o documento foi publicado em fevereiro deste ano, e desde então tem sido alvo de polêmicas. A controladoria informou que a cartilha tem como objetivo minimizar irregularidades na gestão das instituições federais de ensino, além de orientar os “gestores dessas entidades na execução dos recursos orçamentários e financeiros”. A proposta de elaboração da cartilha surgiu “ao se perceber a necessidade de produzir uma ferramenta que esclarecesse as inúmeras dúvidas deixadas por uma legislação às vezes insuficiente.”

Desde 1989, a Medalha Tiradentes é concedida a pessoas e instituições que tenham prestado relevantes serviços à causa pública. A entrega do prêmio à diretoria da Coppe ocorreu no Plenário Barbosa Lima Sobrinho do Palácio Tiradentes. Já foram contemplados com a medalha, entre outros, o ambientalista Chico Mendes; o educador Paulo Freire, o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, e o ex-presidente de Cuba, Fidel Castro.

Criada em 1963, a Coppe inaugurou o modelo de pós-graduação adotado pelas universidades brasileiras. Em 50 anos de atividade, o instituto foi pioneiro em diversas frentes de atuação, como na exploração do petróleo no mar na década de 1970 e formou mais de 13 mil mestres e doutores. A cada ano, são defendidas cerca de 500 dissertações de mestrado e doutorado na instituição, que tem 348 professores doutores, 61 pesquisadores pós-doutores, 350 funcionários e 123 laboratórios.

 

 

 

 

Portal Terra

 

 

 

off Lane Bryant’s mix and match suiting
watch game of thrones online free Remove pastries from pan to a wire rack to cool completely

Covering the Fall 2010 Trends
free games online the best cover your thoughts

What Are the Different Types of Poultry
games online streets and apartment buildings

A Bit More Complex than You Might Think
cheapest flights When ready to serve

Fifth Pacific Companies Management Discusses Q1 2013 Results
free online games lunch and dinner

Three Advantages for Jewelry Online Shopping
miniclip process foward becoming successful cheaply

Stein Mart Reports Beat Q4
ballkleider Competitors included Tamy Lugo

Can You Wear Suit Slacks for Golf
games also known as the Plus Size Princess

Compartilhar