Reitor da Federal de Lavras é reconduzido por mais 4 anos

Reitor da Federal de Lavras é reconduzido por mais 4 anos

A ciência da agricultura tropical que dá origem à Embrapa [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária] nasce no Brasil, em universidades como a Federal de Lavras”. O destaque é do secretário-executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, dado nesta quinta-feira, 4, durante a solenidade no MEC de recondução do professor José Roberto Soares Scolforo no cargo de reitor.

A Ufla também tem sido exemplo no processo de cotas implementado pelo governo federal há mais de uma década. Atualmente, a diferença do cotista para o não cotista na universidade do sul mineiro é de 0,1. “Praticamente nenhuma diferença. Um acesso que atingiu uma camada que não tinha capacidade de sonhar com o ingresso em uma universidade pública”, ressaltou o reitor. Scolforo destacou ainda que a evasão dos cotistas é inferior à metade dos não cotistas. “Isso significa que a oportunidade que lhes foi dada está sendo agarrada com dedicação”, disse.

Doutor em engenharia florestal, José Roberto Scolforo tem uma trajetória de mais de três décadas na Ufla. Nos últimos 13 anos, viu a universidade passar de pequeno para médio porte. No início de 2003, eram 4.079 alunos. Atualmente, são 13,5 mil, incluindo os matriculados em cinco cursos de graduação a distância. Nesse período, saiu de 7 para 30 cursos de graduação presenciais e de 16 para 56 de pós-graduação.

Dentre os projetos de destaque da Universidade Federal de Lavras está a construção de um parque para abrigar empresas de inovação tecnológica que vão trabalhar de forma integrada com a universidade. “A expectativa é que o empreendimento esteja pronto até dezembro deste ano”, disse o reitor. Com o apoio do MEC, a Ufla montou uma agência de inovação na área do café.

Segundo Scolforo, a região do Sul de Minas é responsável por 25% do café produzido no Brasil. “Estar à frente das pesquisas na área proporciona irradiar conhecimento para outras instituições brasileiras que trabalham com a bebida mais tradicional do país”, afirmou.

Scolforo foi eleito reitor para mais quatro anos de gestão da Ufla, com a vice-reitora Édila Vilela de Resende Von Pinho.

Compartilhar