Reitor da Univasf se reúne com governador de Pernambuco e projeta parcerias

Reitor da Univasf se reúne com governador de Pernambuco e projeta parcerias

Em pauta, a liberação de recursos para o novo EACC e a participação da Univasf no Refúgio de Vida Silvestre Tatu-bola. Cooperação também poderá envolver ações junto a outros programas do estado.

O reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Julianeli Tolentino de Lima foi recebido pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara e membros do secretariado estadual, em audiência no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo. A reunião realizada na última segunda-feira (8) contou com a participação dos secretários de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Sergio Xavier; Ciência, Tecnologia e Inovação, Lúcia de Melo, e Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões. Os principais objetivos da visita foram a retomada do termo de cooperação com o Governo do Estado para a conclusão da nova sede do Espaço de Arte, Ciência e Cultura da Univasf (EACC), na cidade de Petrolina, e a prospecção de projetos de parceria junto ao Refúgio de Vida Silvestre Tatu-Bola, Unidade de Conservação (UC) abrangida pelos municípios de Petrolina, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista.

Entre as demandas apresentadas pela Reitoria está a contrapartida financeira do Governo de Pernambuco, na ordem de R$ 2 milhões, destinadas ao EACC/Univasf, o equivalente a 40% dos recursos estimados para a conclusão do prédio e finalização de obras de urbanização interna, iluminação, entre outras. Atualmente todo o acervo que reúne experimentos, instrumentos científicos e multimídia estão montados provisoriamente, em instalações da universidade, em Juazeiro (BA), até que a sede definitiva possa abrigá-los em ambiente adequado e para a execução das atividades que compõem a agenda de serviços oferecidos à comunidade. “A perspectiva é que se nós tivermos esse recurso já no próximo semestre, nós finalizaremos a obra no segundo semestre de 2016”, afirmou Julianeli Tolentino. A projeção é que o novo EACC, quando concluído, receba cerca de 60 mil visitas/ano.

Com relação ao Refúgio de Vida Silvestre Tatu-bola, o reitor destacou a amplitude do projeto que abrange extensa área de Caatinga visando à preservação do patrimônio biológico, de espécies endêmicas ameaçadas de extinção, a exemplo do Tatu bola que dá nome à reserva, uma das maiores da região Nordeste e a maior de Pernambuco, com 110 mil hectares. “O que eu quero enfatizar aqui é a nossa disposição em contribuir com esse processo, desde essa discussão preliminar, em termos de execução de atividades nessa área, e até mecanismos de gestão”, expôs Julianeli. A proposta, conforme a Reitoria, é que a Univasf possa agregar valor com ações de pesquisa científica, através de projetos que poderão ser desenvolvidos pela universidade com apoio das secretarias e órgãos de fomento, a exemplo da Fundação de Amparo à Ciência de Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe).

“Nós temos inúmeros pesquisadores em recursos naturais e o programa de pós-graduação é um dos que têm a intenção de entrar como parceiro, no sentido de estudar a flora e produção de medicamentos, nós temos equipes desenvolvendo projetos nessa área e tudo que você estuda, nesse campo é inédito”, salientou o reitor, referindo-se ao reduzido número de pesquisas científicas sobre o bioma Caatinga.

Na ocasião, Paulo Câmara também sinalizou o interesse do Governo em apoiar os projetos apresentados pela Univasf e outras iniciativas, voltadas a programas de ressocialização junto à população carcerária do estado. “Nós temos total interesse de ampliar as parcerias com a universidade, temos a maior Unidade de Conservação da Caatinga, situada na região do São Francisco e queremos também fazer outras parcerias que envolvam Educação a Distancia, que envolva o sistema de ressocialização e que finalize a questão do Espaço Ciência que já é um convênio anterior que nós fizemos. Então são muitas parcerias em favor da educação de Pernambuco, em favor da pesquisa, da ciência, da tecnologia e da inovação que a universidade, sem dúvida nenhuma, é uma parceira estratégica para o governo do Estado de Pernambuco”, salienta Paulo Câmara.

Neste sentido, o reitor reafirmou a perspectiva de estender as ações da universidade, ressaltou a experiência da instituição também em projetos na área de Educação a Distancia (EAD), que ele avalia exitosa e estratégica, em virtude do alcance e do aproveitamento nos processos de formação, capacitação e qualificação profissionais. “Tivemos uma reunião muito proveitosa, na qual debatemos temas de interesse comum. A nossa universidade tem muito a oferecer em ações de pesquisa e gestão junto à Unidade de Conservação, também no sentido da popularização da ciência, difusão científica e outras possibilidades de cooperação e que aqui foram colocadas pelo governador Paulo Câmara. É este o nosso objetivo, provocar parcerias que viabilizem iniciativas conjuntas, sermos apoiados e também apoiarmos propostas em prol de uma agenda de desenvolvimento”, enfatiza Julianeli.

Gabinete da Reitoria
Klene Barreto de Aquino

Compartilhar