Reitoria da Unilab e Direção de campus articulam apoio ao fortalecimento e expansão dos Malês

Reitoria da Unilab e Direção de campus articulam apoio ao fortalecimento e expansão dos Malês

Criado há aproximadamente sete anos, o Campus dos Malês da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) agrega histórias, conquistas e, também, muitos desafios. Atualmente, mais de mil discentes, 45 técnicos-administrativos e quase 90 professores constroem, junto à sede da instituição, as próximas memórias do campus.

Para dar novos passos ao fortalecimento do Campus dos Malês, a Reitoria da universidade, por meio do reitor pro tempore, Prof. Roque Albuquerque, e da vice-reitora, Profa. Claudia Carioca, tem envidado esforços, junto à Direção do campus, representada pela Profa. Mírian Reis, em prol de uma articulação política em apoio à expansão da unidade.

Unilab e São Francisco do Conde

O primeiro passo foi dado no dia 20 de maio, em uma reunião virtual que teve o objetivo de estreitar as relações entre Unilab e Prefeitura de São Francisco do Conde, município no qual está localizado o Campus dos Malês.

A Secretária de Saúde da cidade, Eleuzina Falcão, apresentou ações governamentais para o enfrentamento ao novo coronavírus, abarcando áreas com concentração de estudantes da Unilab que residem no município. O reitor, por sua vez, fez referência às ações institucionais conduzidas pelo Comitê Institucional de Enfrentamento à Covid-19 (CIEC). Outro assunto abordado diz respeito à ajuda para estudantes da universidade em situação de vulnerabilidade.

Novas perspectivas de avanço da atuação da universidade na localidade também foram tratadas. “Foi feito um histórico das tratativas em torno da oferta de curso de Medicina no Malês, incluindo um olhar sobre a rede de saúde local como campo de práticas e a obra de infraestrutura do campus”, detalhou a diretora Mírian Reis.

“De modo ainda inicial, também foram abordadas possíveis parcerias que levem em conta o potencial da região na área marítima, como perspectiva para oferta de algum novo curso”, registrou o reitor Roque Albuquerque.

O compromisso para fortalecimento do campus foi reforçado, considerando o importante papel da Unilab para o território do Recôncavo Baiano e para os países parceiros. A expectativa por novos constantes diálogos foi expressa pelos gestores presentes.

Além do reitor, da diretora do Campus dos Malês e da secretária Eleuzina, participaram a vice-reitora da Unilab; o então chefe de gabinete da universidade, Robério Nery; o prefeito municipal de São Francisco do Conde, Evandro Almeida; e a secretária municipal de Educação, Rahijois Oliveira.

Emendas parlamentares

Uma semana depois, no dia 28 de maio, o segundo passo foi dado em um encontro realizado com o vice-governador do Estado da Bahia, João Leão, e com o deputado federal Cacá Leão.

“O vice-governador se comprometeu, em parceria com o deputado Cacá Leão, a lutar conosco para conseguirmos reaver algum valor substancial que perdemos numa licitação. A emenda parlamentar foi dada a Unilab Malês e a contratação foi cancelada por causa da empresa. Resultado, há um valor que eles vão lutar para devolver”, detalhou o reitor Roque.

Em 2018, por meio de uma emenda de bancada, a Unilab Malês recebeu R$ 1,5 milhão. A articulação foi do Dep. Cacá Leão (BA), que atuou como relator do orçamento.

De acordo com o reitor, houve ainda o compromisso em novamente voltar a olhar para a Unilab, colocando emendas parlamentares para o campus. “Unilab e governo, juntos, pela implantação de cursos na área de saúde e na área de engenharia, no Campus dos Malês”, afirmou Prof. Roque, que pediu, também, uma articulação junto ao Ministério de Educação (MEC) para solicitação de códigos de vagas para os Malês, nas duas áreas de discussão.

Também participaram do encontro a vice-reitora da Unilab e o chefe de gabinete do vice-governador da Bahia, Herbert Oliveira.

Visita técnica

O desdobramento da última reunião de maio foi visto no dia 11 de junho, quando Herbert Oliveira fez uma visita técnica ao Campus dos Malês. Atendendo à sugestão do vice-governador da Bahia, o chefe de gabinete fez um diagnóstico das instalações do campus e dos prédios não concluídos. Reuniu-se, ainda,  com a diretora Mírian Reis e com os servidores Luís Cláudio Ribeiro e Marcus Dias, chefes da Divisão de Administração e da Seção de Planejamento do Campus, respectivamente.

“Fizemos uma visita à obra e apontamos para a necessidade de recursos para a sua conclusão, tanto para a melhoria das condições de trabalho e estudo nos cursos já existentes quanto para a expansão do campus, com abertura de novos cursos”, explicou a Profa. Mírian.

Na ocasião, a diretora apresentou as avaliações positivas dos cursos junto ao MEC, bem como as possibilidades de expansão para novos cursos, a partir do plano institucional disponível no Unilab + 10.

Confira aqui os encaminhamentos da reunião.

 

 

 

Compartilhar