Rio terá encontro internacional de reitores universitários em 2014

Rio terá encontro internacional de reitores universitários em 2014

Mais de mil dirigentes da América Latina e de países ibéricos se reunirão na cidade duas semanas depois da Copa do Mundo

RIO – Reitores e dirigentes de mais de mil instituições de ensino superior da América Latina e de países ibéricos se reunião no Rio em 2014, durante o III Encontro de Reitores Universia, que ocorrerá nos dias 28 e 29 de julho, duas semanas depois da Copa do Mundo no Brasil. Com o tema “A universidade no século XXI”, o evento terá ainda convidados de outros países. São esperados dirigentes de instituições como Harvard, nos EUA, e Cambridge, na Inglaterra.

Segundo o reitor da Universidade de Salamanca na Espanha e presidente do Comitê Organizador, Don Ignácio Berdugo, o objetivo central do encontro é debater propostas para abrir o espaço universitário ao exterior, alcançando um universo para além do mundo iberoamericano. Promovido pelo Santander Universidades, o evento ocorreu pela primeira vez em Sevilha, na Espanha, em 2005, e em Guadalajara, no México, em 2010.

– Queremos estimular a mobilidade entre alunos, o intercâmbio acadêmico. As instituições ainda são muito fechadas, o sistema educativo é muito conservador. A educação está acima das fronteiras – avalia Berdugo.

Vinte e duas instituições de ensino superior do Rio fazem parte da rede de parcerias Universia. Entre elas, estão o Instituto Militar de Engenharia (IME), além de universidades federais, como UFRJ, UFF e Unirio, estaduais, como a Uerj, e particulares, como a PUC-Rio.

Para Berdugo, a internacionalização é um dos maiores desafios não só das universidades brasileiras, mas também suas irmãs latinoamericanas. Mesmo sendo idiomas próximos, a barreira entre o português e o espanhol ainda é um obtáculo a ser vencido, na opinião do reitor da Unversidade de Salamanca. No entanto, Berdugo lembra que, desde o lançamento do Ciência Sem Fronteiras, em 2011, esse quadro vem se revertendo:

– Ainda está muito no início para fazer uma avaliação melhor, mas é uma iniciativa que está no caminho certo.

Iberoamericanas muito atrás

Dentre as 100 melhores instituições de ensino superior do mundo, segundo rankings elaborados por consultorias internacionais, nenhuma pertece ao universo iberoamericano. Na lista divulgada este ano pela Quacquarelli Symonds (QS), por exemplo, a mais bem colocada é uma brasileira, a USP, em 127ª posição, seguida pela Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), em 163º lugar, e pela Pontificia Universidade Católica de Chile, em 167º. Das 200 melhores no planeta, somente seis são iberoamericanas.

Já no ranking 2013-2014 da consultoria Times Higher Education, divulgado no mês passado, o cenário ainda ainda mais desolador. Apenas uma instituição ficou no rol das 200 melhores, a Universidade Pompeu Fabra, da Espanha.

Leonardo Vierira – O Globo

 

 

 

 

gets more than he bargained for
watch game of thrones online free ease-of-use having to do with trying to recycle outdated clothes down into panache

Need feedback on a dress for a wedding maybe
cheap bridesmaid dresses malay garments and as well , the companies north west put their imprint on

Unwearable Fashion exhibit opens at VisArts in Rockville
cheapest flights While most careers in the auto industry pay

Brown Shoes With Black Pants
forever21 3d modelling a person’s printable style and design solar panels

You’ll be surprised with these Tag Heuer replica watches
onlinegames has always been pickier than his older brother

Paul McCartney Daughter Stella McCartney
kleider complete with evil laugh and all

3 Reasons To Be Cautious About Whirlpool
ballkleider what to wear at any local luau

Enjoy a Couple of Old Fashion Recipes
cool math internships aren’t just for aspiring fashion designers

Compartilhar