Senador Delcídio do Amaral profere palestra na UFGD sobre pré-sal

Senador Delcídio do Amaral profere palestra na UFGD sobre pré-sal

O senador Delcídio do Amaral estará em Dourados nesta sexta-feira (6) para ministrar uma palestra sobre o pré-sal e o desenvolvimento da ciência e tecnologia, às 20h, no cine-auditório da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Unidade 1, Rua João Rosa Góes, 1.761, Vila Progresso. A palestra é aberta a todos os interessados e a entrada é franca.

O tema está sendo debatido em várias universidades públicas federais do país, com foco para o desenvolvimento econômico, social, cultural e ambiental da proposta. Para o reitor da UFGD, professor doutor Damião Duque de Farias, é fundamental que o assunto seja abordado dentro da comunidade acadêmica pela sua importância mundial, nacional e regional e também pelas pesquisas desenvolvidas nessa área e sua contribuição na sociedade.

O senador, que é engenheiro e já ocupou cargos de direção em empresas estatais e multinacionais nos setores de energia e mineração, vai abordar a proposta de modelo regulatório para exploração do pré-sal e os esforços que estão sendo feitos no governo e no Congresso Nacional para garantir que parte dos recursos advindos com a venda do petróleo seja investido nas áreas de educação, saúde e assistência social. De acordo com Delcídio, o óleo já confirmado no pré-sal aumenta em  pelo menos 150 % as atuais reservas brasileiras de 12,6 bilhões de barris, o que transformará o Brasil em exportador de petróleo.

“Particularmente, com os estudos que ainda estão em andamento, eu acredito que esse volume vai ser ainda maior. Por isso é fundamental a união da bancada e a articulação com parlamentares dos outras regiões, no sentido de incluir na proposta de legislação do pré-sal mecanismos que garantam a Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e a outros estados não litorâneos uma participação mais expressiva na divisão dessa verdadeira dádiva que está no litoral mas pertence a todos os brasileiros”, defende o senador.

Compartilhar