Sistema de cotas raciais aumentou a presença de negros em universidades públicas

Sistema de cotas raciais aumentou a presença de negros em universidades públicas

Informação é do secretário Nacional de Políticas e Promoção da Igualdade Racial Juvenal Araújo
Dados da Secretaria Nacional de Políticas e Promoção da Igualdade Racial apontam que entre 2013 e 2014, nas Universidades Federais, as vagas totais cresceram 10% e as vagas para cotistas cresceram 38%. Já nos Institutos Federais, no mesmo período, tanto o total das vagas gerais quanto as vagas para cotistas cresceram 18%.

Em entrevista à TV NBR, o secretário Nacional de Políticas e Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo, comemorou as estatísticas e disse que é preciso melhorar a verificação das informações prestadas pelos candidatos para evitar fraudes.

Em um caso recente de fraude, candidatos burlaram a autodeclaração para entrarem como cotistas no curso de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais.

O secretário falou também sobre racismo no futebol e anunciou que a Secretaria de Igualdade Racial vai realizar nesta semana um seminário sobre o assunto. A proposta da pasta é incentivar a conscientização dos árbitros sobre racismo e injúria racial.

A secretaria também vai buscar o apoio da CBF para conscientizar as torcidas sobre esses crimes.

Compartilhar