UFAC desenvolve pesquisa com uso de energia solar para irrigação

UFAC desenvolve pesquisa com uso de energia solar para irrigação

“Uma alternativa de se fazer irrigação dependendo única e exclusivamente da energia solar”, é como o coordenador do Laboratório de Mecanização do Centro de Ciências Biológicas e da Natureza da Ufac, Leonardo Paula de Souza, classifica o sistema de irrigação por gotejamento, alimentado por energia solar, instalado no campus-sede, que está sendo utilizado para pesquisa de irrigação de cultivares de feijão regional.

O kit é composto por duas placas solares, um drive que converte a energia solar em energia elétrica e uma bomba d’água submersa; tem baixo custo e é indicado como alternativa para pequenos produtores que precisam irrigar pequenas plantações em propriedades que não contam com energia elétrica. O sistema funciona sem bateria e depende exclusivamente da energia solar.

Segundo Leonardo, que é engenheiro agrícola por formação, a Ufac está seguindo para uma linha de pensamento que favorece a agricultura sustentável. “Podemos citar o feijão como exemplo: é uma cultivar que demanda pouca água para se desenvolver e, na época seca do ano, o pequeno agricultor pode cultivar um roçado de feijão irrigado, manter sua família e aumentar sua produção”, disse. “É importante que, para uso desse tipo de sistema, seja elaborado um projeto de irrigação por um engenheiro agrônomo, visando ao melhor aproveitamento e garantindo a irrigação correta.”

Ufac desenvolve pesquisa com uso de energia solar para irrigação

O sistema de irrigação por energia solar está instalado na horta da Ufac e atualmente está sendo utilizado para pesquisa pelo estudante do curso de Engenharia Agronômica da Ufac, Francisco Gean dos Santos Mota. Ele pesquisa diferentes formas de irrigação para definir a quantidade ideal de água no solo para cada cultivar de feijão regional. O resultado da pesquisa será a base para o trabalho de monografia do estudante.

Gean teve contato com o sistema durante a disciplina de Irrigação e Drenagem. “A partir daí surgiu interesse pela pesquisa e conversei com o professor para utilizar o sistema como forma de produzir com melhor custo-benefício, de modo que o pequeno produtor possa irrigar sua plantação mesmo em áreas isoladas, onde não tem energia elétrica”, explicou.

O sistema solar é desenvolvido por uma empresa brasileira e foi comprado por meio de projeto de pesquisa financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Acre; está disponível para visitação. Os interessados devem entrar em contato com o coordenador do Laboratório de Mecanização da Ufac pelo e-mail leonardo.paula@ufac.br.

Ufac desenvolve pesquisa com uso de energia solar para irrigação

Compartilhar