UFAC participa de encontro entre Chile e Brasil

UFAC participa de encontro entre Chile e Brasil

A reitora da Ufac, Guida Aquino, participou da solenidade de abertura do 2º Encontro Atacamenho-Amazônico, que tem como objetivo promover intercâmbio de conhecimento e cultura entre povos do Acre e de Atacama (Chile). O evento começou na manhã dessa segunda-feira, 2, no auditório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Acre (Sebrae-AC), e termina nesta sexta-feira, 6.

Guida ressaltou a importância da reunião para o Acre e para a região Norte. “Espero que desse encontro saiam políticas voltadas para nossa Amazônia, que tanto merece ser cuidada”, afirmou. “Hoje a Ufac tem um curso de formação indígena no campus Floresta, em Cruzeiro do Sul, que está avaliado com nota 5, a nota máxima no sistema de avaliação do ensino superior, mesmo a educação brasileira passando por um momento difícil, com cortes no orçamento.”

A reitora também comentou que essa discussão deve ser levada para a tríplice fronteira — Brasil, Bolívia, Peru. “Precisamos, junto com países que fazem fronteira com o Acre, estar unidos para falar sobre a importância da educação para o mundo, que é uma transformação que salva vidas”, disse. “No Brasil, as universidades públicas são as que mais realizam pesquisas científicas, cerca de 90%; mestrados e doutorados estão, em sua maioria, nas universidades públicas.”

O coordenador do Centro de Arqueologia e Antropologia Indígena da Amazônia Ocidental (Caainam), da Ufac, Jacó Piccoli, enfatizou a amplitude do evento. “Não queremos apenas estreitar relações entre povos chilenos e brasileiros, mas entre habitantes da Amazônia, sejam eles indígenas ou não”, contou, “iniciando um processo de perguntas e conhecimentos de ecossistemas diferentes, levando em consideração as mudanças climáticas que hoje ocorrem em nosso planeta.”

O evento é realizado pelo Caainam, em parceria com Federação do Povo Huni Kui do Acre (Fephac), Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo, Malen-Ko Produções Culturais, Prefeitura Municipal de Rio Branco e Sebrae-AC.

Também participaram da solenidade de abertura a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri; o presidente do Conselho dos Povos Atacamenhos e representante da municipalidade de San Pedro de Atacama, Sérgio Cubillos; o representante da Universidade de Antofagasta (Chile), Augustin Llagostera; o representante da Universidade Nacional San Antonio Abad de Cuzco (Peru), Oscar Paredes Pando; o coordenador do Centro Cultural Brasil-Chile (Rio Branco), Marco Aurélio Ancaten; a diretora técnica executiva da Secretaria Estadual de Empreendedorismo e Turismo do Acre, Taiane Belarmino dos Santos, representando a secretária Eliane Sinhasique; e o chefe da divisão técnica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Arlan Hudson.

Compartilhar