Ufac sedia 3ª mostra científica Viver Ciência

Ufac sedia 3ª mostra científica Viver Ciência

A Universidade Federal do Acre (Ufac) sedia desta terça, 19, a quinta-feira, 21, a terceira edição da mostra científica Viver Ciência, realizada pela Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE). Este ano, mais de 30 mil visitantes são aguardados pelos organizadores.

Com o tema “Ciência Unindo Saberes”, o evento tem como objetivo oportunizar a troca de conhecimentos, o estimulo à criatividade e a valorização da experimentação, de atividades inovadoras, trabalhos interdisciplinares, além da promoção da iniciação científica. Legado da 66ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada na Ufac em 2014, o evento já está consolidado no calendário estudantil das escolas de Rio Branco.

“No nosso dia a dia, lutamos na construção de uma universidade pública, que tem obrigações a cumprir com a sociedade”, disse, durante a solenidade de abertura do evento, a reitora em exercício Guida Aquino. “Assim, contribuímos com a divulgação de trabalhos de estudantes e instituições, promovendo a aproximação da comunidade com o conhecimento científico.”

Estruturada no recém-inaugurado Centro de Convenções da Ufac, a Feira de Ciência e Tecnologia reúne estandes de escolas e diferentes instituições, com apresentação de trabalhos científicos em diferentes áreas. A programação conta, ainda, com oficinas, minicursos, palestras, apresentação de pôsteres, palco cultural, observação do telescópio, ciência do cotidiano, ciência divertida, cine ciência, expedições científicas, papo jovem, planetário, exposição científica, concurso de blogs e concurso de curtas.

“Esperamos que as pessoas prestigiem e valorizem o que está sendo produzido nas escolas na área de ciência e tecnologia”, destacou a governadora em exercício, Nazareth Araújo. “A ideia é de que este momento do Viver Ciência mude a natureza das escolas, tornando-as espaço onde o conhecimento faça sentido e seja construído com a participação de todos.”

Para o secretário de Educação, Marco Brandão, o Viver Ciência é um dos maiores eventos de ciência do país. “Sua importância é indescritível. Não dá para mensurar a relevância dessa ação, que na verdade não é uma finalidade em si, mas o resultado de uma mudança de postura na escola, dos professores e dos nossos alunos”, opinou.

Para essa edição da mostra, estão inscritos 246 projetos, 78 oficinas, minicursos e palestras; há 119 inscrições no concurso de blog e 53 no de curtas. As atividades culturais bateram recorde de inscrições e, nesta edição, 75 atrações se revezarão no palco cultural.

Fonte: Ascom UFAC

Compartilhar