Ufal debate manejo dos usos múltiplos da Bacia do Rio São Francisco

Ufal debate manejo dos usos múltiplos da Bacia do Rio São Francisco

Atividade oferta 80 vagas e integra Projeto INNOVATE que tem a parceria da Universidade de Berlim

O Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente (Igdema) sedia na terça-feira, 17, a Oficina INNOVATE para apresentar os resultados do projeto que teve a Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco como recorte espacial da pesquisa, especificamente a região do Lago de Itaparica, no Estado da Bahia. O evento será das 14h às 17h30, é promovido pelo Comitê do São Francisco e Universidade Federal de Alagoas e é aberto a técnicos, professores e estudantes de Geografia e áreas afins.

A oficina, denominada de Manejo dos usos múltiplos da Bacia do Rio São Francisco: Recomendações das pesquisas oriundas do Projeto INNOVATE, tem como local o auditório do Igdema, no Campus A.C. Simões, em Maceió. “A atividade técnica integra o projeto resultado de parceria teuto-brasileira celebrada entre a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade de Berlim, na Alemanha”, disse o professor Melchior Nascimento, docente do Igdema e representante da Ufal no Comitê da Bacia Hidrográfica da Bacia do São Francisco (CBHSF).

O evento oferta 80 vagas e variados temas e além dos palestrantes contará, também, com a participação dos membros do Comitê do São Francisco.A oficina conta ainda com o apoio do Laboratório de Geoprocessamento Aplicado (LGA), do Igdema, Centro Acadêmico de Geografia (CAGEO) e Fórum de Defesa Ambiental de Alagoas (FDA–AL).

Os temas a serem abordados são os seguintes: “Participação pública na governança dos usos múltiplos: expectativas, tarefas e oportunidades”; “Três exemplos para um manejo dos reservatórios sob a ótica da prioridade ambiental e seus efeitos para usos de água”; “Mudanças climáticas e uso da terra: cenários para a geração de energia hidrelétrica e a agricultura irrigada”.

Os demais temas tratam sobre “Emissões de nutrientes e qualidade da água na bacia do rio São Francisco: Situação atual e consequências de mudanças climáticas, mudanças no uso da terra e na população”; “Consequências de adubação para o grau de saturação de fósforo do solo e potencial de perda de fósforo de lavouras na bacia do São Francisco”; “Simulações hidrodinâmicas e de transporte na baía de Icó-Mandantes”.

Ascom – Universidade de Alagoas

Compartilhar