Ufal discute situação do sistema penitenciário brasileiro

Ufal discute situação do sistema penitenciário brasileiro


Evento é aberto ao público e acontece nesta quinta-feira, 14

A Universidade Federal de Alagoas discute, nesta quinta-feira, 14, a partir das 14h, o atual cenário do sistema penitenciário brasileiro com a exibição do documentário Sem Pena. Em seguida, haverá um debate com a presença do professor e advogado criminalista Welton Roberto, do professor Alberto Jorge, Juiz da 17ª Vara Cível de Maceió e Francisco de Assis França, membro da Coordenação de Acompanhamento do Sistema Carcerário (Coasc) da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O evento, a ser realizado no auditório da Reitoria, é organizado pelo Coletivo Pra Fazer Direito, formado por estudantes da graduação da Faculdade de Direito (FDA). Segundo a estudante de Direito e também uma das organizadoras do evento, Priscilla Macêdo, o objetivo do evento é alavancar o debate dos direitos humanos também para população carcerária, por meio do espaço da Universidade.
As inscrições para assistir ao filme são feitas no local e todos os participantes receberão um certificado de cinco horas flexíveis que será entregue na secretaria da FDA.

Sobre o documentário
O documentário intitulado Sem Pena fala sobre o rápido crescimento da população carcerária no Brasil, que já é a terceira maior do mundo. O filme também mostra problemas do sistema de justiça do País, demonstrando como a morosidade e o preconceito contribuem para ampliar a violência. Além da Ufal, o filme também será exibido em universidades como a Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense, no Rio de Janeiro, e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Ascom/Ufal

Compartilhar