Ufam é homenageada no Senado Federal

Ufam é homenageada no Senado Federal

O Senado Federal, em sessão especial no dia 14 de maio, homenageou o centenário da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), sob a presidência do senador José Sarney. A abertura e o encerramento da sessão foram conduzidos pelo senador amazonense Artur Virgílio Neto, cujo pai, Artur Virgílio Filho, foi o autor do projeto de lei que deu origem à Lei 4.069-A, de 12 de junho de 1962, que criou esta universidade, sucessora da Universidade Livre de Manáos, criada em 17 de janeiro de 1909. Compuseram a mesa que conduziu os trabalhos o senador José Sarney, o reitor da Ufam Hidembergue Ordozgoith da Frota, a reitora eleita, Márcia Perales, os senadores amazonenses Artur Virgílio Neto, Jefferson Praia e João Pedro, a deputada federal Vanessa Graziottini e o pró-reitor de Planejamento da UEA, Prof. Osail Medeiros de Sousa, representando essa instituição.

Estavam presentes à sessão dos Deputados Estaduais Francisco Praciano e Vanessa Graziottini, pró-reitores, diretores de unidades acadêmicas e professores da Ufam. Todos os parlamentares se manifestaram destacando o papel que a Ufam desempenhou, desempenha e continuará desempenhando para o desenvolvimento social e econômico do estado do Amazonas, contribuindo fortemente para a melhor qualidade de vida da população amazonense.

Em sua fala, o senador Jefferson Praia, autor da propositura, destacou o avanço da Ufam nos últimos oito anos, que mudou significativamente o seu perfil acadêmico, com o expressivo aumento das suas atividades de pesquisa e pós-graduação, saindo de apenas 5 cursos de mestrado credenciados pela Capes/MEC no início de 2001, para os atuais 31 cursos de mestrado e 8 de doutorado, com um aumento extraordinário de 700% de cursos de pós-graduação stricto sensu. Essas ações consolidaram-se com a implantação de uma sólida política de pesquisa para a Universidade por meio dos programas de incentivo à produção científica: Pró-Congresso, Nhengatu, Tucandeira e Caxiri. Demonstrou o esforço institucional realizado para propiciar à população maiores oportunidades de acesso ao ensino superior gratuito e de qualidade, aumentando em 170% o número de vagas nos cursos de graduação, em 250% o número de vagas nos cursos noturnos e atendendo a mais de 2000 alunos em todo os estado do Amazonas matriculados nos seus cursos a distância, criados com a implantação do Centro de Educação a Distância. Chamou a atenção para os resultados positivos do Enade, que têm ratificado a qualidade dos cursos da Ufam, que apresentam os melhores indicadores entre todas as instituições de ensino superior da região Norte.

Ainda em sua fala, o Senador Jefferson Praia discorreu sobre o programa Ufam Multicampi, que promoveu a efetiva interiorização da Universidade, levando à implantação de cinco Unidades Acadêmicas permanentes no interior do estado – no Alto Solimões, Médio Solimões, Médio Amazonas, Baixo Amazonas e Vale do Madeira, dotadas de docentes e técnicos administrativos em educação do quadro efetivo da Universidade e infra-estrutura para atender aos 31 novos cursos de graduação, assim distribuídos: Instituto Natureza e Cultura de Benjamin Constant – Antropologia, Administração, Ciências Agrárias e Ambientais, Pedagogia, Licenciatura dupla em Química e Biologia e Licenciatura dupla em Letras ( Português e Espanhol); Instituto de Agronomia e Ambiente de Humaitá – Engenharia Ambiental, Agronomia, Licenciatura dupla Matemática e Física, Licenciatura dupla em Biologia e Química, Licenciatura dupla em Letras (Língua Portuguesa e Língua Inglesa) e Pedagogia; Instituto de Saúde e Biotecnologia de Coari – Nutrição, Fisioterapia, Enfermagem, Biotecnologia, Licenciatura dupla em Química e Biologia e Licenciatura dupla em Matemática e Física; Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia de Itacoatiara – Engenharia de Produção, Sistemas de Informação, Ciências Farmacêuticas, Química Industrial, Licenciatura dupla em Matemática e Física e Licenciatura dupla em Biologia e Química; Instituto de Ciências Humanas, Educação e Zootecnia de Parintins – Zootecnia, Comunicação Social, Pedagogia, Administração, Serviço Social, Educação Física e Artes Plásticas.

Sendo os últimos a fazerem uso da palavra, pela ordem, a reitora eleita, Profa. Dra. Márcia Perales, ratificou o compromisso da nova gestão com desenvolvimento institucional em consonância com os interesses da sociedade, e o reitor Hidembergue Ordozgoith da Frota, associou parte dos avanços alcançados pela Ufam durante a sua gestão com o irrestrito e fundamental apoio dado pelos deputados e senadores amazonenses às ações da Universidade, agradeceu e solicitou aos parlamentares que continuassem apoiando a instituição na nova gestão conduzida por Márcia Perales, para que a Ufam possa continuar cumprindo a sua missão com eficiência e determinação.

 

Compartilhar