UFAM – lll Siscultura debate aspecto sociocultural na Amazônia e na Pan-Amazônia

UFAM – lll Siscultura debate aspecto sociocultural na Amazônia e na Pan-Amazônia

Reitor da Ufam faz abertura do eventoJuscelino Simões

O Programa de Pós-Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA) realizou na quarta-feira, 21, a abertura da lll Edição do Seminário Internacional em Sociedade e Cultura na Pan-Amazônia (Siscultura), com o propósito de promover o intercâmbio sociocultural na Amazônia e na Pan-Amazônia por meio de uma vasta programação constituída por oficinas, minicursos, comunicações orais, lançamento de livros, painéis, exposições de pôsteres e atividades culturais.

A cerimônia de abertura ocorreu na manhã de quarta-feira, 21, no auditório Rio Amazonas, na Faculdade de Estudos Sociais (FES), e contou com a participação de inúmeras autoridades acadêmicas, estudantes de graduação e de pós-graduação, representantes de entidades afro-brasileiras, pesquisadores brasileiros e estrangeiros, entre outras. A mesa de abertura foi composta pelo reitor da Ufam, Sylvio Mário Puga Ferreira, pela pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufam, Selma Baçal, pela coordenadora geral do evento e do PPGSCA, Iraildes Caldas, pelo diretor do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais, Raimundo Nonato Pereira, pela representante da Articulação das Religiões de Matriz Africana (Aratrama), Keila Serruia, pelo cônsul da Colômbia, José Gilberto Flores, e pelo cônsul da Venezuela, Faustino Ambrosini.   

O Siscultura é um Seminário internacional sobre sociedade e cultura na Amazônia que tem grande verticalização na Amazônia brasileira, mas também grande alcance na região da Pan-Amazônia. Já está na terceira edição e têm alcançado grande sucesso em termos de apresentação de trabalhos relacionados a temas da Amazônia (aspectos sociais, políticos, questão indígena, culturais), entre outros. Este ano consta na programação, a participação de palestrantes e convidados de fora da Pan-Amazônia (Europa, Estados Unidos e do Chile) “pela primeira vez teremos palestrantes de fora da região que estarão contribuindo no evento com novo enfoque”, disse a coordenadora do evento, professora Iraildes Caldas.

Coordenadora do PPGSCA e do evento, professora Iraildes Caldasbrasileira, quanto na Pan-Amazônia. O evento é importante porque passamos por um momento de reconstrução de alguns programas de pós-graduação da Ufam, e o Sociedade e Cultura é um deles que está passando por uma reformulação. Isso nos encoraja a continuar e dizer da importância do Programa durante esses 20 anos de existência”, destacou Iraildes Caldas.

“A universidade vai se construir em eventos como o Siscultura porque é um espaço acadêmico onde o Programa de Pós-Graduação Sociedade e Cultura vem perante a sociedade e apresenta o que está sendo feito ao longo do período de avaliação. O Programa faz uma prestação de contas para a sociedade do trabalho coletivo. O Siscultura é mais um passo do trabalho coletivo dos professores na busca da qualidade acadêmica”, destacou o reitor da Ufam, Sylvio Mário Puga Ferreira.   

Programação

Ontem, das 14h às 17h, dia 21, a programação prosseguiu com 11 minicursos concomitantes e, das 17 às 18h, foi realizada a mesa-redonda “Amazônia, Cultura e Imaginário”. Em seguida, a primeira atividade cultural: show da banca Alaíde Negão.

Hoje, dia 22, a programação iniciou com uma atividade cultural, seguida pelos paineis “Amazônia nas Vozes dos Rios” e “A Pan-Amazônia e o Pensamento Ecocrítico”. Ainda pela manhã, ocorreram os paineis “Mitopoética Amazônica” e “Epistemologia e barbárie na Amazônia”. No turno vespertino, haverá comunicações orais em Grupos de Trabalho (GTs), exposição de pôsteres e oficinas, tratando das temáticas música, teatro, cinema e artes visuais.

Na sexta-feira, 23, a programação terá continuidade com a terceira atividade cultural, das 8h30 às 9h, seguida pela mesa-redonda “Formação Social e Pensamento da Amazônia”. Das 11 às 12h, ocorre o simpósio temático “Educação e Povos Indígenas no Contexto Amazônico”. Após o intervalo, serão realizadas a segunda sessão de comunicações orais e o encerramento.

Compartilhar