UFBA firma protocolo de intenções para cooperação técnica e acadêmica com TRT

UFBA firma protocolo de intenções para cooperação técnica e acadêmica com TRT

Integrar as áreas de ensino, pesquisa e extensão por meio de instrumentos específicos para realização de eventos e objetos conjuntos. Este é o objetivo do protocolo de intenções que firma a cooperação técnica e acadêmica entre a UFBA e o Tribunal Regional de Trabalho (TRT) da 5ª Região nesta segunda-feira, 06 de novembro.

O reitor João Carlos Salles e o diretor da Escola Judicial do TRT 5ª região, Norberto Frerichs, assinaram o protocolo de intenções, que tem vigência de 60 meses, com possibilidade de renovação. “Esse documento celebra o começo de um trabalho que vai se desdobrar, certamente, em convênios específicos e em ações das mais diversas. É um abraço que duas instituições fundamentais se dão nesse momento”, disse Salles. Da mesma forma, Norberto Frerichs enfatizou a riqueza da cooperação entre as duas instituições e observou que a assinatura representa um dos momentos mais gratificantes de sua gestão junto à Escola Judicial.

A presidente do TRT, Maria Adna do Nascimento, também esteve presente no ato de assinatura. “Hoje, o TRT e a UFBA possibilitam a ampliação dos horizontes dos magistrados e servidores do TRT com esse convênio”, observou Adna. “Esse ato, último da nossa gestão, tem um simbolismo enorme porque a UFBA representa o desenvolvimento do conhecimento em todas as áreas”, falou Maria Adna.

O protocolo de intenções informa que podem ser ofertadas vagas em cursos oferecidos em ambas as instituições. Intercâmbio entre professores de graduação e pós-graduação também podem ser realizados, além de outras medidas.

Na UFBA, a coordenação do protocolo ficará sob responsabilidade do pró-reitor de Ensino de Graduação, Penildon Filho, e do coordenador de Ensino e Pós-Graduação, Ronaldo Oliveira. No TRT, pelo coordenador acadêmico da Escola Judicial do TRT.

Fonte: Ascom UFBA

Compartilhar