UFC – NUTEDS lança 4ª edição da Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais

UFC – NUTEDS lança 4ª edição da Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais

O Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde (NUTEDS) da Universidade Federal do Ceará lança a quarta edição da Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais (RESDITE). Com cinco artigos inéditos de pesquisadores de todo o País, o periódico tem como proposta editorial divulgar produções científicas que abordam o uso de tecnologias digitais da informação e das comunicações (TDIC) no âmbito da área de saúde.

São temas de artigo nessa edição: “O Facebook como ferramenta de ensino em um programa de monitoria”; “Avaliação de aplicativo sobre imunização: estudo-piloto no ensino superior”; “Dialogando com os jovens sobre a obesidade através de uma web rádio”; “Monitoramento de crianças e idosos utilizando uma WBAN”; e “Desafios na implementação da educação permanente em saúde e a enfermagem: revisão integrativa”.

NOVAS SUBMISSÕES – Interessados em submeter trabalhos ao quinto número da RESDITE, a ser lançado no fim do segundo semestre de 2018, já podem enviar propostas. Serão publicados neste próximo número apenas trabalhos submetidos até o dia 5 de outubro, no entanto a publicação recebe propostas durante todo o ano para as edições seguintes. Todas as informações sobre submissão podem ser acessadas no site da RESDITE.

O público-alvo da RESDITE é composto por profissionais multidisciplinares que trabalham e desenvolvem pesquisas com a utilização de tecnologias, principalmente para a educação em saúde e informática biomédica, desde os que estão envolvidos com a produção até aqueles que as aplicam, independentemente das suas áreas de conhecimento.

No total 15 eixos guiam as temáticas abordadas pela publicação: aquisição, processamento e distribuição de imagens na área de saúde; avaliação em EaD em saúde; bioinformática; competências informacionais e situações de aprendizagem; educação não presencial intermediada por tecnologia; ensino a distância (EAD) em saúde; ensino de telemedicina e teleinformática em saúde; formação continuada de trabalhadores na saúde; formação permanente de trabalhadores na saúde; gestão e análise econômica em EaD on-line na saúde; informática biomédica; políticas de informação em saúde; registro eletrônico de saúde; teleprocessamento e redes em saúde; telessaúde e telemedicina.

Compartilhar