UFC: Reitor propõe seminário para discutir Plano Fortaleza 2040

UFC: Reitor propõe seminário para discutir Plano Fortaleza 2040

O Reitor da Universidade Federal do Ceará, Prof. Henry Campos, recebeu, na manhã desta terça-feira (5), o Coordenador do Plano Fortaleza 2040, Eudoro Santana, que ressaltou a importância da UFC na formulação de políticas públicas para a cidade no âmbito do plano.

O Prof. Henry Campos sugeriu que, para conhecimento da comunidade universitária desse protagonismo da UFC, seja organizado um seminário na Universidade com debates temáticos. Também participaram do encontro o Vice-Reitor, Prof. Custódio Almeida, e o Coordenador do Curso de Arquitetura e Urbanismo, Prof. Romeu Duarte.

Na reunião, Eudoro Santana apresentou dois documentos publicados pela Prefeitura Municipal de Fortaleza como resultados das discussões e fóruns viabilizados pelo Plano Fortaleza 2040, ambos com a expressiva participação da UFC. Segundo ele, o trabalho de mapeamento dos desafios da cidade começou em 2013, com consultas a técnicos, pesquisadores e comunidades da Capital.

O Plano perpassa discussões sobre desenvolvimento econômico, esporte, lazer, mobilidade urbana, educação, saúde, segurança dentre outras áreas. Na ocasião, o Coordenador do Plano Fortaleza 2040 ressaltou a importância de que a Universidade conheça o trabalho desenvolvido com a participação de seus técnicos.

O Reitor destacou ainda a importância de que estudantes e professores se debrucem sobre problemas da Capital e do Estado. “Podemos fazer um grande seminário para que a UFC e a comunidade acadêmica possam participar. Vontade de participação não falta, nem dos professores nem dos estudantes”, salientou.

O Prof. Romeu Duarte lembrou que “por meio da extensão podemos levar para a sala de aula os problemas reais da cidade”. O Vice-Reitor da UFC, Prof. Custódio Almeida, informou que a Universidade também tem parceria similar na cidade de Sobral, que, impulsionada pela gestão municipal, tem discutido caminhos para o desenvolvimento local.

Eudoro Santana diz que o próximo passo, depois da conclusão do Plano Fortaleza 2040, é a criação de um observatório para discutir os desafios da cidade, a exemplo do que ocorreu em Medellín, na Colômbia, cidade apontada como referência de desenvolvimento urbano.

Compartilhar