UFERSA – Primeiros egressos da Educação do Campo são aprovados para mestrado

UFERSA – Primeiros egressos da Educação do Campo são aprovados para mestrado

A conquista dos primeiros formados pelo curso de Licenciatura em Educação do Campo da Ufersa. Os dois concluintes já foram aprovados para o mestrado / Foto cedida

O jovem curso de Licenciatura Interdisciplinar em Educação do Campo, LEDOC, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido entregou à sociedade os seus primeiros concluintes: dois alunos que são do campo e que vieram estudar Educação para o Campo, na Ufersa. A Colação de Grau de Ana Claudia Andrade da Costa e Katson Fernandes teve que ser antecipada por um grande motivo: os dois já foram aprovados para o mestrado em Ciências Humanas e Sociais da UERN.

Presidida pelo Reitor, o professor José de Arimatea de Matos, a solenidade especial de Colação de Grau, foi acompanhada pela Pró-Reitora Adjunta de Graduação, a professora Luciana Nunes, e também pela Coordenadora da LEDOC, a professora Kyara Maria de Almeida Vieira, e pela Vice-Coordenadora, a professora Gerciane Maria da Costa Oliveira. Além das autoridades acadêmicas, a colação também contou com a presença de familiares e amigos dos concluintes.

Após os trâmites oficiais da solenidade com a outorga do grau, veio o momento dos discursos. O estudante Katson Fernandes reforçou a importância de se ter no semiárido potiguar uma licenciatura voltada para os povos do campo, priorizando a educação contextualizada e ampliação da relação com os movimentos sociais que lutam pelos povos campesinos.

Já a estudante Ana Claudia engrandeceu a participação da Ufersa, dos/as professores/as e da Coordenação do Curso na realização de seu grande sonho de ser professora sem precisar esquecer que é do campo, filha de agricultores, e de poder alçar outros voos, colocando os povos do campo como personagens principais de suas histórias.

Para a Coordenadora da LEDOC, a professora Kyara Maria de Almeida Vieira, o momento serviu para ratificar o esforço e a responsabilidade dos estudantes durante toda a graduação, o compromisso do corpo docente com o curso, a fundamental parceria da Pró-Reitoria de Graduação ao atender às demandas ao longo desse percurso, e a responsabilidade transformadora que a universidade tem ao possibilitar que as populações do campo, historicamente excluídas, acessem uma educação gratuita e de qualidade.

Um dos familiares de Ana Cláudia destacou o orgulho para a família e para a comunidade rural a qual a concluinte pertence em ter uma filha de agricultor/a formada pela Ufersa e já aprovada no mestrado.

O Reitor Arimatéia finalizou a cerimônia relembrando a trajetória do curso para que fosse possível aquele momento. Destacou que essa conquista era fundamental para os estudantes, entretanto, era uma grande alegria para a universidade, para o semiárido potiguar, e ratificou o diferenciado papel que a universidade tem exercido na sociedade.

Além dos dois estudantes formados essa semana, a LEDOC da Ufersa ainda vai formar mais estudantes na Colação de Grau das turmas concluintes de 2017.2, no dia 05 de maio.

 

Compartilhar