Ufes hasteará bandeira em adesão à campanha Novembro Azul

Ufes hasteará bandeira em adesão à campanha Novembro Azul

O reitor Reinaldo Centoducatte e a vice-reitora Ethel Maciel realizam nesta quinta-feira, 1º de novembro, às 9 horas, o hasteamento de uma bandeira azul em frente ao Teatro Universitário, no campus de Goiabeiras. A solenidade marca a adesão da Universidade à campanha Novembro Azul, que conscientiza a população para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. A maioria dos casos ocorre em homens com mais de 65 anos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos neste grupo.

Quando o câncer de próstata é diagnosticado e tratado no início, os riscos de mortalidade são reduzidos. Sintomas como dor lombar, problemas de ereção, dor na bacia ou joelhos e sangramento pela uretra podem ser suspeitos.

No entanto, a maioria dos cânceres de próstata não causa sintomas até que atinjam um tamanho considerável. Por isso é importante realizar exames que possibilitem detectar a doença em seu estágio inicial. Em homens acima de 50 anos, é aconselhado realizar regularmente exames que permitam avaliar alterações na próstata, como o toque retal e dosagem de PSA (através de exame de sangue).

Compartilhar