UFF dá início às comemorações dos seus 60 anos

UFF dá início às comemorações dos seus 60 anos

No próximo ano, a Universidade Federal Fluminense vai completar seis décadas de fundação. A solenidade de lançamento das comemorações destes 60 anos será realizada no dia 18 de dezembro (quarta-feira), às 19h30, no Cine Arte UFF, com um concerto gratuito da Orquestra Sinfônica Nacional UFF (OSN) – única orquestra profissional pública do país – apresentando árias de óperas de Giuseppe Verdi e Carlos Gomes. O evento reunirá convidados, autoridades, além da comunidade acadêmica e do público em geral e será a primeira de uma série de atividades comemorativas que marcarão o ano de 2020 em todos os campi da instituição.

Segundo o reitor Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, nestes 60 anos de história a UFF se transformou muito, sendo hoje uma universidade referenciada pela excelência em produção de conhecimento e formação de cidadãos e cidadãs, por seu alto nível acadêmico, de produção científica, de inovação e por seu impacto social e econômico evidente em todo estado do Rio de Janeiro. “Somos uma universidade mais diversificada e inclusiva: cerca de dois terços dos estudantes são de família com renda de até um salário mínimo e meio; quase metade dos estudantes se declaram negros e pardos e temos cerca de 400 pessoas com deficiência na instituição”, ressalta.

Nóbrega enfatiza que a UFF e sua comunidade acadêmica têm muito a comemorar. “A celebração dessa data segue com o compromisso direto que a instituição tem com os objetivos fundamentais do artigo 3º da constituição brasileira: construir uma sociedade livre, justa e solidária; garantir o desenvolvimento nacional; erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; promover o bem de todos, sem raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”, garante o reitor.

Com uma comunidade acadêmica formada por mais de 70.000 alunos matriculados, mais de 3.500 professores e em torno de 3.800 técnicos-administrativos, a instituição é reconhecida nacional e internacionalmente, não só pela excelência de seus cursos e de sua produção científica, como pelo impacto social das suas atividades. A missão da UFF é promover, de forma integrada, a produção e difusão do conhecimento científico, tecnológico, artístico e cultural, e a formação de um cidadão imbuído de valores éticos e responsabilidade social que, com competência técnica, contribua para o desenvolvimento autossustentado do Brasil.

UFF: das origens ao ano 2020

Criada em 1960, a Universidade Federal Fluminense possui unidades acadêmicas em diferentes pontos da cidade de Niterói. É constituída, além do prédio da Reitoria, de três campi e outras cinco unidades isoladas, situadas em bairros do mesmo município. A instituição também possui unidades em oito municípios do interior do Estado do Rio de Janeiro – Angra dos Reis; Campos dos Goytacazes; Macaé; Nova Friburgo; Petrópolis; Rio das Ostras; Santo Antônio de Pádua e Volta Redonda. A UFF oferece cursos EAD (Educação a distância), distribuídos em 28 municípios, incluindo sua sede, em Niterói.

Hoje, a instituição é constituída por 44 unidades de ensino, sendo 26 Institutos, 12 Faculdades e 6 Escolas. São, ao todo, 125 departamentos de ensino, 125 cursos de graduação presenciais e seis cursos de graduação a distância, oferecidos em 28 polos da Universidade Aberta do Brasil, em convênio com o CEDERJ-RJ. Na Pós-Graduação Stricto Sensu, são 85 programas de Pós-Graduação e 126 cursos, sendo 44 de doutorado, 66 de mestrado acadêmico e 16 mestrados profissionais. A Pós-Graduação Lato Sensu apresenta 150 cursos de especialização e 45 programas de residência médica.

A Universidade Federal Fluminense possui ainda 29 bibliotecas, 580 laboratórios, 21 auditórios, o Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP), a farmácia universitária, um Hospital Veterinário Professor Firmino Marsico Filho (HUVET) e o Colégio de Aplicação (Colégio Universitário Geraldo Reis). Conta também com um núcleo experimental em Iguaba Grande, uma fazenda escola em Cachoeiras de Macacu e uma unidade avançada em Oriximiná, no estado do Pará. Além disso, possui uma editora e quatro livrarias, e um Centro de Artes, composto por cinema, teatro, galeria de arte e espaço de fotografia. Na área da música, conta com uma orquestra, um conjunto de música antiga, um coral e um quarteto de cordas.

Serviço:
Lançamento das celebrações dos 60 anos da UFF
Dia 18 de dezembro de 2019 (quarta-feira), às 19h30
Concerto: Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense (OSN UFF)
Série Alvorada
Regência: Tobias Volkmann
Solista: Ludmilla Bauerfeldt (voz – soprano)
Local: Cine Arte UFF – Rua Miguel de Frias 9, Icaraí, Niterói-RJ
Entrada Franca – distribuição de senhas uma hora antes da apresentação
Classificação etária: Livre
Duração aproximada: 70 minutos

Compartilhar