UFFS agora tem agência de internacionalização e inovação tecnológica

UFFS agora tem agência de internacionalização e inovação tecnológica

A Universidade Federal da Fronteira Sul agora conta com uma nova estrutura: a Agência de Internacionalização e Inovação Tecnológica (AGIITEC). A agência é resultado da união da Assessoria para Assuntos Internacionais e do Núcleo de Inovação Tecnológica e Social e se organiza em três diferentes setores: Relações Internacionais, Inovação e Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia.

O secretário especial da AGIITEC, Ernesto Quast, explica que a Agência é parte de um trabalho de reestruturação interna da UFFS. “Vimos a oportunidade de aumentar a interação entre essas áreas distintas. O objetivo da Agência será fortalecer a Inovação e as Relações Internacionais com a UFFS”, conta.

A AGIITEC terá como ações prioritárias:

  1. Estimular a cultura da inovação tecnológica em consonância com o atendimento de necessidades da sociedade;
  2. Fomentar a importância da proteção da propriedade intelectual como instrumento de valorização da Instituição, servidores e parceiros;
  3. Fomentar a cultura do empreendedorismo na UFFS, como forma de estimular a geração de novos negócios, empregos e renda;
  4. Fomentar o estabelecimento de parcerias interinstitucionais e internacionais nas áreas de ensino, pesquisa e extensão;
  5. Estabelecer e fortalecer uma rede de trabalho com outras instituições de ensino e de pesquisa, de modo a otimizar os recursos disponíveis nessa rede.

Quast aponta que a fase é de planejamento. “No momento, ainda estamos estruturando o novo setor. As ações em andamento são o levantamento dos processos, de modo a identificar oportunidades de melhorias e evitar duplicidade de trabalho, bem como a integração de áreas que encontravam-se separadas, mas que possuem grande afinidade de atuação. Diversas redes internacionais apresentam a inovação e a transferência de tecnologia como focos principais para o desenvolvimento de projetos conjuntos”, explica.

Uma das principais atribuições da AGIITEC, para Quast, será a promoção da integração entre as áreas-fim da UFFS. “A pesquisa básica é importante, bem como o fomento da aplicação de conhecimentos já consolidados ou o desenvolvimento de pesquisas aplicadas. Esse fato integra as três diferentes pró-reitorias (projetos de monitoria, trabalhos de conclusão de curso, projetos de iniciação tecnológica ou científica, projetos de extensão e cultura), sendo uma das principais atribuições da AGIITEC promover a integração dessas ações em benefício da qualidade do ensino, melhoria da eficiência institucional e a oferta de produtos e serviços para a sociedade. Com a união do setor de Relações Internacionais com o setor de Inovação e Propriedade Intelectual e Transferência Tecnológica, o estabelecimento de parcerias, acordos e convênios nacionais e/ou internacionais são fortalecidos, bem como a atuação e projeção da UFFS”, finaliza.

No próximo mês está prevista a apresentação da Agência em evento on-line, na forma de live, organizado pela Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia – Programa TECHFUTURO do Estado do Rio Grande do Sul, que contará com a participação de diversas entidades com foco na inovação e transferência tecnológica, para o desenvolvimento do Estado, geração de empregos e riquezas. Segundo Quast, essa será uma oportunidade para o estabelecimento de parcerias para futuramente fomentar de projetos de pesquisa e de extensão com caráter de inovação.

Atualmente a AGIITEC funciona no subsolo do Bloco da Biblioteca, no Campus Chapecó.

Atos normativos relacionados:

Compartilhar