UFFS firma convênio para finalizar Unidade Básica de Saúde

UFFS firma convênio para finalizar Unidade Básica de Saúde

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e a Prefeitura de Chapecó firmaram, nesta semana, uma nova parceria na área da Saúde. Os objetivos da parceria são a finalização das obras da Unidade Básica de Saúde do Bairro Esplanada, em Chapecó, e a implantação dos ambulatórios de especialidades médicas dos cursos de Medicina e Enfermagem da UFFS.

O presidente da comissão de implantação do curso de Medicina e vice-reitor da UFFS, Antônio Andrioli, explica que a UFFS e a Prefeitura já tratavam, há algum tempo, desse convênio. “Precisávamos de um lugar para a estruturação dos ambulatórios dos nossos cursos de saúde e a Unidade Básica de Saúde (UBS) que está em construção tem uma localização estratégica, pois é próxima ao Hospital Regional do Oeste, um dos cenários de prática dos cursos”, comenta. A unidade está localizada na Rua Israel, esquina com a Rua Tamoios, no Bairro Esplanada.

Inicialmente, a UFFS equiparia a UBS e a prefeitura cederia o espaço para que a Universidade estruturasse os ambulatórios. Mas, com o encerramento do convênio anteriormente estabelecido entre Prefeitura e Ministério da Saúde, a UFFS finalizará a obra da UBS e a Prefeitura a estruturará para seu completo funcionamento, cedendo o espaço térreo para ser utilizado pelos cursos da Instituição.

É nesse espaço térreo que serão construídos os os ambulatórios de especialidades médicas, uma estrutura necessária para os cursos de saúde. Eles funcionarão como um campo de prática para os estudantes dos cursos de Medicina e Enfermagem através do atendimento à população da cidade. “Os ambulatórios reforçam o papel da Universidade de prestar serviços à comunidade e contribuir para o seu desenvolvimento, além de ser mais um espaço de formação para os nossos estudantes. A expectativa é dar continuidade imediata à obra para que possamos, ainda no segundo semestre, ter os estudantes em atividade prática atendendo aos munícipes”, complementa Andrioli.

O coordenador do curso de Medicina, Marcelo Moreno, explica que serão implantados 10 ambulatórios, mais ambientes administrativo e pedagógico. “Esse espaço será destinado ao atendimento ambulatorial secundário e ao terciário do paciente encaminhado pelo atendimento primário. Isso compreende áreas de especialidades médicas. O Sistema Único de Saúde (SUS) é dividido em atenção primária, secundária e terciária. A primeira se refere ao atendimento básico, como o efetuado nas UBS. As duas últimas, secundária e terciária, compreendem as especialidades médicas. Os ambulatórios se destinarão, principalmente, à atenção secundária. Neles, durante o internato médico (quinto e sexto anos do curso de Medicina), os estudantes estarão inseridos em atividades práticas de atendimento a pacientes. Além disso, o espaço poderá ser utilizado para atividades de pesquisa e extensão que envolvam as áreas médicas destinadas ao atendimento nesse cenário de prática”, comenta.

“Outra atividade planejada para ser desenvolvida, devido à disposição arquitetônica das salas do ambulatório, é o desenvolvimento do Sistema de Avaliação de Habilidades Médicas, com metodologias como o O.S.C.E (Objective Structured Clinical Examination), no qual os estudantes podem ser avaliados através de situações clínicas reais ou simuladas, com utilização de atores, por exemplo. É um espaço muito importante para os cursos da área da Saúde e é um grande avanço essa parceria. Sem dúvidas, os munícipes é que saem ganhando”, finaliza.

A Secretaria Especial de Obras da UFFS estima um investimento de R$ 1,3 milhão para a conclusão da obra da UBS e do ambiente que abrigará os ambulatórios. 

Compartilhar