UFG comemora inauguração de nova pista de atletismo

UFG comemora inauguração de nova pista de atletismo

Obra custou 8,6 milhões de reais e será um divisor de águas na modalidade esportiva em Goiás

pistaufg

A UFG inaugurou na última sexta-feira, 22/05, a Pista de Atletismo da Faculdade de Educação Física e Dança (FEFD), com a presença do ministro do Esporte, George Hilton, e de autoridades das áreas de política e educação do Estado de Goiás. A obra recebeu financiamento de R$ 8,6 milhões do Ministério do Esporte e vai integrar a Rede Nacional de Treinamento de Atletismo.

Na ocasião, George Hilton destacou a importância da construção da pista e dos investimentos que o Governo Federal têm realizado nessa área.“Eu fico muito feliz em saber que todo esse ciclo vivido por nós não terminará nos jogos de 2016, pelo contrário, estamos plantando uma semente que transformará essa nação numa potência esportiva”, afirmou o ministro.

Já o reitor da UFG, Orlando Amaral, destacou o papel social do incentivo ao esporte. “O retorno desse investimento aparecerá na formação da cidadania brasileira que não seria completa sem o componente da atividade física”, destacou.

Anegleyce Teodoro Rodrigues, diretora da FEFD, agradeceu a todos que ajudaram a concretização da obra, desde a obtenção de recursos para reforma até a festa de inauguração. “Esse equipamento contribuirá para o engrandecimento do esporte universitário em todo o estado de Goiás. A pista poderá receber eventos nacionais e internacionais de atletismo para a formação e desenvolvimento de alto nível de atletas, formação de professores e projetos de inclusão social para crianças, adolescentes, idosos e deficientes”, explicou.

Além disso, a pista será utilizada para o ensino da disciplina de atletismo no curso de Educação Física, assim como para a realização de programas de extensão voltados para a comunidade universitária e escolar. A estrutura também acomodará competições de estudantes, bombeiros, policiais militares, indígenas e atletas filiados à Federação Goiana de Atletismo.

Além da inauguração da nova pista de atletismo, também foi entregue a reforma da piscina da FEFD e realizado o 1º Torneio UFG de Atletismo. Mais de 100 atletas competiram nas categorias mirim e menor, além de alunos da FEFD que concorreram na categoria adulto.

A utilização da pista será permitida para comunidade interna e externa a UFG mediante agendamento e adequação as normas de uso do espaço. A pista foi projetada para obter certificação classe 2 da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF).

Samuel Machado, estudante de biologia, atleta da UFG e medalhista nos Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s) de 2014, afirmou que a nova pista contribuirá com o melhor rendimento de atletas. “Com uma estrutura dessas, o nosso rendimento melhora. Penso que a equipe de atletismo estaria bem evoluída se tivéssemos uma pista desse nível desde o início da graduação” concluiu o aluno.

O presidente da Federação Goiana de Atletismo, Genivaldo Caixeta, comemorou a inauguração da pista “É imensurável o valor desse implemento para o atletismo. É aqui que serão polidos os novos talentos do nosso esporte”, destacou. Além do presidente da federação goiana, o atleta paraolímpico Waldemar Antônio de Oliveira também comemorou a inauguração do novo espaço esportivo “O nosso rendimento e motivação melhoraram com uma pista nessas condições” afirmou Waldemar, corredor paraolímpico de atletismo do Estado de Goiás.

Rede Nacional de Treinamento

O Ministério do Esporte está constituindo em todo o país a Rede Nacional de Treinamento de Atletismo. A organização abarca construção, reforma, equipagem e operação das pistas e tem a direção técnica da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e suas federações estaduais, além da colaboração das faculdades de Educação Física espalhadas pelo Brasil.

A Rede é um dos principais projetos de legado dos Jogos Olímpicos de 2016 para a infraestrutura do esporte brasileiro e contempla instalações de diversos padrões e modalidades, com ações que se distribuem desde a descoberta de talentos até a especialização no treinamento dos atletas das seleções. A Rede também propicia aprimoramento e intercâmbio para técnicos, árbitros, gestores e outros profissionais do esporte.

 

Ascom UFG

Compartilhar