UFG – Reitor recebe Conselho de Integração Universidade-Sociedade

UFG – Reitor recebe Conselho de Integração Universidade-Sociedade

O reitor Orlando Amaral recebeu na sexta-feira, 8 de dezembro, os membros do Conselho de Integração Universidade-Sociedade da UFG para a segunda reunião de sua gestão. O conselho é um órgão consultivo da Administração Superior para ser um espaço privilegiado de interlocução com vários setores da sociedade. Participaram além de membros dos três conselhos da universidade (Conselho Universitário, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e Conselho Gestor), pró-reitores e representantes da Prefeitura de Jataí, do governo do estado de Goiás, Justiça Federal, Embrapa, membros de federações (FTIEG e FIEG) e a presidente da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás, Zaíra Turchi.

O tema dessa reunião foi o balanço do reitorado do professor Orlando Amaral. Ele apresentou diversos dados, que estão compilados no Livro “Gestão 2014-2017” disponibilizado em primeira mão para os membros do Conselho. O livro será lançado na próxima semana durante as comemorações do aniversário da UFG de 57 anos e disponibilizado por via impressa e na internet.

Participaram representantes do Estado de Goiás, federações, Embrapa, Justiça Federal, prefeitura de Jataí, entre outros.

Entre os destaques, Orlando Amaral falou de como a universidade conseguiu crescer mesmo com os constantes cortes de recursos que vem sofrendo e fez um apanhado dessas realizações, como construção de novos prédios, consolidação do Programa UFGInclui e obras de assistência estudantil. Falou também da construção do Hospital das Clínicas da UFG, feito com diversas emendas da bancada goiana no Congresso.

Ao final os membros manifestaram apoio à universidade e destacaram a necessidade de incrementar as parcerias com a sociedade, seja por meio da inovação e parceria com o mercado produtivo e também de mostrar a sociedade tudo o que a UFG vem produzindo, para que ela entenda que uma universidade forte e com recursos é o caminho para transformar o país.

Fonte : Ascom UFG

 

Compartilhar