UFGD e UFRR inauguram novas instalações

UFGD e UFRR inauguram novas instalações

A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) promoveu, na sexta-feira dia 27 de fevereiro, às 10h, a solenidade de abertura e inauguração dos novos prédios e da piscina olímpica, na Unidade 2, localizada na Cidade Universitária de Dourados, rodovia MS-162, Km 12. Durante o ato foram anunciados investimentos para os próximos anos no setor de infra-estrutura e pessoal.

O reitor Damião Duque de Farias e autoridades locais estiveram presentes na solenidade para inaugurar os prédios das Faculdades de Ciências Humanas (FCH), de Educação (FAED), de Ciências Biológicas e Ambientais (FCBA), de Ciências Agrárias (FCA), de Administração, Ciências Contábeis e Economia (FACE) e de Ciências Exatas e Tecnologia (FACET) que somam R$ 14,9 milhões de investimentos do Governo Federal. Juntamente com os recursos aplicados para a reforma da Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE) e a construção da piscina olímpica e vestiários.

Para o reitor essas obras são muito importantes para a instituição, mas também para a cidade, já que os prédios representam um investimento de R$ 16,8 milhões em Dourados. "Estamos na metade do caminho. Até 2012 serão aplicados R$ 70 milhões em obras. Atualmente estamos nos R$ 35 milhões investidos. Tudo para criar na universidade a capacidade para desenvolver as atividades de formação e fomento em Ciência e Tecnologia e consolidar o grande sonho de uma universidade pública de altíssima qualidade nas áreas de ensino, pesquisa e extensão", disse Damião em entrevista à imprensa nesta quarta-feira (25).

De acordo com o cronograma de aplicação dos recursos, a obra da FACET consumiu investimentos da ordem de R$ 3,1 milhões; da FAED, R$ 2,2 milhões; da FCA, R$ 2,6 milhões e da FACE, FCH e FCBA, juntas, somam R$ 7 milhões. A reforma elétrica da FACALE foi de R$ 226 mil e obra da piscina é de R$ 1,6 milhão, sendo um milhão através de emenda viabilizada pelo deputado federal Geraldo Resende, R$ 136 mil de recursos federais e R$ 485 mil de recursos do REUNI (Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais).

Esses novos prédios ampliaram a estrutura física para que a UFGD possa abrigar o maior número de alunos, cursos e servidores públicos oriundos das políticas para democratização do acesso ao Ensino Superior e permanência na universidade. Os recursos federais foram obtidos com o plano de metas para a implantação da universidade e também com o REUNI para que, segundo o reitor Damião Duque de Farias, a estrutura física acompanhasse o desejo de desenvolver um trabalho no sentido de que cada integrante da UFGD possa se orgulhar em fazer parte da melhor universidade pública do Estado (conforme levantamento apurado pelo IGC – Índice Geral de Cursos/MEC, em 2008).  Desde a criação da UFGD, em 2005, já foram construídos na Unidade 2 o laboratório de carnes, o Núcleo de Ciências Sociais, Centro de Documentação e Estudos Regionais, a Central de Informática e o Biotério, entre outras obras importantes.  

UFRR inaugura novo prédio da Medicina

A Universidade Federal de Roraima (UFRR) inaugura nesta sexta-feira, 27, o prédio do Centro de Ciências da Saúde. A obra possui 1.200 m² de área construída e foi dividido em três módulos, onde funcionarão laboratórios, salas de aula e auditório, que irão atender os alunos, professores e técnicos do curso de Medicina. A obra custou 2 milhões de reais, verba proveniente de emenda parlamentar do senador Augusto Botelho. O curso de medicina tem quinze anos de existência é um dos mais antigos da universidade, com a nova sede própria irá garantir ainda mais benefícios tanto para a comunidade acadêmica quanto para a sociedade roraimense.

Compartilhar