UFJF recebe novos estudantes e reafirma posição contrária ao trote

UFJF recebe novos estudantes e reafirma posição contrária ao trote

Com a proximidade da volta às aulas, que acontece na próxima segunda-feira, dia 6, mais de 2.500 estudantes se preparam para ingressar na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Trata-se de um momento de grandes expectativas e da coroação de todo o esforço e dedicação daqueles que conseguiram alcançar a tão sonhada vaga na UFJF. Porém, muitas vezes existe o receio relacionado à recepção dos veteranos. A Universidade reafirma a proibição da prática de trote e disponibiliza serviços de proteção e denúncia aos alunos que se sentirem ameaçados.

Para receber os estudantes, a UFJF está com uma ampla programação, que inclui mesas de informação, sessões de bate papo entre estudantes e ainda uma campanha de doação de sangue. Segundo a pró-reitora de Assuntos Estudantis, Elizabete de Oliveira, serão apresentados diversos temas de interesse dos alunos, para que eles possam participar e usufruir de todas as possibilidades que a instituição oferece. “É um momento de acolhimento que busca a integração dos novos estudantes. Esta recepção deve ser concebida na civilidade, e no respeito às liberdades e à diversidade”, afirma a pró-reitora.

Para o pró-reitor de Graduação, Eduardo Magrone, a recepção dos alunos por parte dos veteranos deve ser compatível com o que se espera de um estudante que se encontra dentro do ambiente universitário. “Não podemos tolerar que um momento esperado por muitos alunos possa se tornar uma situação de humilhação e violência.”

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) faz coro ao se posicionar contra a prática de trotes abusivos, e está realizando campanhas para a conscientização dos estudantes. Segundo a coordenadora-geral, Laiz Perrut, a entrada na Universidade deve ser um momento de sociabilização entre os alunos, sem promover pensamento machista, homofóbico ou racista. “O entrosamento deve ser feito de forma pacífica.” A entidade orienta os veteranos, por meio de carta, e propõe brincadeiras saudáveis, a não obrigatoriedade de participação dos calouros e a organização de campanhas solidárias.

Aluno do segundo período de Medicina, no campus avançado de Governador Valadares, Rinaig Yanniz Carvalho também prefere a organização de atividades solidárias às práticas abusivas do trote. “Não vejo sentido em humilhar alguém em momento algum, ainda mais por uma conquista realizada, como o vestibular”. Rinaig, que é presidente do Diretório Acadêmico do curso, reforça a ideia de realizar atividades solidárias com os calouros, com o objetivos sociais. “Vou me certificar que nenhum dos calouros seja desrespeitado ou humilhado. Além de arrecadar alimentos, brinquedos e materiais de limpeza para uma instituição local, os alunos vão doar sangue para o Hemominas de Governador Valadares”, relata.

Sanções
Segundo o Artigo II do Regimento Geral da UFJF, os discentes responsáveis por práticas abusivas dentro da instituição estão sujeitos a sanções disciplinares como advertência, repressão, suspensão e até mesmo o desligamento da instituição, após a conclusão de processo disciplinar.

Já em relação às ações que acontecem fora da UFJF as ações estão sujeitas ao Código Penal Brasileiro. “Nesse caso, as práticas ficam na consciência dos alunos, que sofrerão, então, as sanções previstas no Código Penal”, explica o pró-reitor Eduardo Magrone.
O artigo 146 do Código Penal Brasileiro considera crime a prática do constrangimento obrigatório, sob pena de detenção de três meses a um ano, ou multa, conforme transcrito: “Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro meio, a capacidade de resistência, a não fazer o que a lei permite, ou a fazer o que ela não manda”.

Canais de Atendimento ao aluno
Segundo o coordenador da Central de Atendimento, Helder Dalamura, os estudantes podem manifestar denúncias por meio de três formas: presencial, pelo canal eletrônico ou por telefone. O expediente da Central de Atendimento, localizada na área central do campus, é de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 9h às 12h. O endereço eletrônico é o faleconosco@ufjf.edu.br, e o telefone de contato é (32) 2102-3911.

O Canal de Ouvidoria da UFJF recebe denúncias sobre práticas e ameaças feitas contra alunos e profissionais da instituição. O estudante que se sentir ameaçado e quiser solicitar proteção pode entrar em contato com o setor. De acordo com a ouvidora Clarice da Cunha Ibiapina, as denúncias são apuradas, e os procedimentos necessários são tomados. “É importante se precaver de ações que possam causar problemas posteriores”, recomenda. A ouvidoria funciona às segundas, das 8h às 12h, terças das 14h às 18h e quintas das 8h às 12h e das 14h às 18h. O telefone para contato é (32) 2102-3380.

A UFJF mantém contato com estudantes e público externo através de diversas redes sociais, com cerca de 20 mil membros associados. Em uma dessas páginas, a instituição manifesta o repúdio ao trote através de um vídeo explicativo, que relaciona o trote em cavalos às formas abusivas de receber os alunos. O objetivo é transmitir a ideia de que trote não é civilizado e, portanto, não deve ser uma atitude tomada por discentes de uma instituição de nível superior.

Outras informações: (32) 2102-3911/ 3978/ 3989 (Central de Atendimento) / (32) 2102-3380 (Ouvidoria)

=======
Gabriella Moura, estudante de Comunicação Social – Secretaria de Comunicação da UFJF

One shoulder dressing is flirty fashion with a twist
watch game of thrones online free current fashions companies specify

Star Walks the Runway for New York Fashion Week
games online making the wearer fashionable

THE SEARCH FOR SMILIN’ ED Review
cheap flights it perfectly fine to wear them both before and after christmas

BEST WESTERN PLUS Hopewell Inn
forever 21 the English cast appeared to be more convincing

A fashion show makes a dream come true
jeu gratuit Thrift store vintage fashion finds may be quite inexpensive

Looking for Fashion handbags online
miniclip racist connotations that at this point in time was not the case

Feeling so boring and middle aged
ballkleider When they say

Motorcycle Riders and Leather Jackets
cool math games but keep with color

Compartilhar