UFMA – Assistência estudantil reduz efeitos de vulnerabilidade socioeconômica

UFMA – Assistência estudantil reduz efeitos de vulnerabilidade socioeconômica

SÃO LUÍS – Durante o início dos períodos letivos da Universidade, a Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proaes) lança editais de programas de auxílio destinados a alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Além de suporte, essas medidas buscam diminuir o número de evasão de alunos da instituição, reduzindo efeitos de desigualdades sociais que possam interferir no desempenho acadêmico desses estudantes.

Segundo o pró-reitor de Assistência Estudantil, João de Deus Mendes da Silva, os diversos programas oferecidos pela Proaes, cujo edital de lançamento está previsto para o primeiro semestre deste ano, são necessários para garantir a permanência de alunos de baixa renda.

Utilizando dados das recentes pesquisas de perfil de discentes da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), o pró-reitor explicou que aproximadamente 70% dos discentes de graduação presencial da Universidade possuem renda inferior a 1,5 salário, per capita.

“Não adianta somente ingressar na Universidade. Houve um aumento considerável nas vagas das universidades federais, no entanto esse aumento não significa que todas elas serão ocupadas. Essa é a primeira consideração. A outra é ajudar esses alunos a completar os seus percursos formativos. É essa a função da assistência estudantil da instituição”, dissertou o pró-reitor.

Os editais são voltados a estudantes de baixa renda, que precisam atender a alguns critérios para participar do processo seletivo. “Todas as concessões são editalizadas. Qualquer pessoa pode concorrer ao certame, mas existem critérios primordiais que vão ser levados em conta, como, por exemplo, a vulnerabilidade socioeconômica”, explicou.

Inscrições

Para se cadastrar em uma bolsa oferecida pela Proaes, o estudante deve acessar a página principal do SIGAA. Efetuada a entrada, o discente deve acessar o menu “Bolsas” e clicar e selecionar a opção “Aderir ao Cadastro Único”.

Logo após a resolução do questionário socioeconômico, o discente deverá retornar à página principal do SIGAA, selecionar a opção “Solicitações de Bolsas” e escolher as bolsas e os auxílios que deseja.

A Proaes oferece um tutorial ilustrado on-line explicando passo a passo como realizar esse processo. O aluno deve ter em mente que as opções de bolsas para seleção só estarão disponíveis quando o edital for publicado.

A Proaes também oferece serviços para a comunidade acadêmica, como o Setor de Psicologia da Proaes, localizado no prédio CEB Velho da Cidade Universitária Dom Delgado, em São Luís; Programa Foco Acadêmico e o Curso de Estudos de Idiomas (CEI).

Compartilhar