UFMA – Prédio de Medicina é adaptado para apoio aos profissionais de saúde do HU-UFMA

UFMA – Prédio de Medicina é adaptado para apoio aos profissionais de saúde do HU-UFMA

As instalações do prédio onde funciona o Curso de Medicina, na Praça Gonçalves Dias, servirão de alojamento temporário para os profissionais do HU-UFMA que atuarão na linha de frente no enfrentamento da Covid-19. A medida, tomada pela reitoria da UFMA, é mais uma iniciativa visando garantir a segurança em saúde desses profissionais e fortalecer os serviços prestados pelo Hospital aos usuários do SUS em face da pandemia do coronavírus.

O prédio, que fica próximo ao hospital, possibilitará uma melhor logística e facilitará o deslocamento de médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e outras categorias envolvidas no combate ao novo coronavírus, além de ser uma estratégia para acolher os profissionais que temem o contágio de seus familiares.

A UFMA vem fazendo reformas e adaptações nas salas de aula por meio da Superintendência de Infraestrutura. O local funcionará como apoio para os profissionais enquanto durar a situação de emergência em saúde pública. “O espaço terá capacidade para 51 leitos, uma média de seis camas por ambiente, além de uma área de vivência”, explicou o superintendente de infraestrutura da UFMA, Wener Santos.

A gerente de Ensino e Pesquisa do HU-UFMA, Rita Carvalhal, diz que a intenção é oferecer um espaço propício para o relaxamento. “A equipe terá o apoio de profissionais da psicologia e da terapia ocupacional. E também receberá a alimentação no refeitório da Unidade Presidente Dutra.”

A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) colaborou com o empréstimo de beliches para a estruturação dos quartos. A equipe de psicólogos e terapeutas ocupacionais do HU-UFMA vem trabalhando na ambientação do local e na produção de informativos com dicas de relaxamento, alongamento, entre outras informações que podem ajudar os profissionais a aproveitar melhor os momentos de descanso.

A superintendente do HU-UFMA, Joyce Santos Lages, destacou a importância dessa ação. “Uma das coisas mais importantes do HU-UFMA são as pessoas que fazem a Instituição, e não podemos deixá-las desamparadas. Este é um momento bastante delicado para nós, que atuamos na área da saúde e precisamos unir forças para enfrentar esse desafio. E o que a gestão puder fazer para garantir a saúde física e mental de seus colaboradores será feito.”

Outras ações relacionadas à promoção da saúde mental dos colaboradores também estão sendo desenvolvidas, a exemplo da produção de materiais psicoeducativos, atendimento psicológico e também psiquiátrico por meio telefônico.

 

Fonte: UFMA

Compartilhar