UFMG – Cartilha orienta como reconhecer e denunciar assédio

UFMG – Cartilha orienta como reconhecer e denunciar assédio

O assédio pode se manifestar por meio de diversos comportamentos abusivos que, muitas vezes, são naturalizados. Vítimas e testemunhas de situações de assédio devem saber reconhecer essas condutas para denunciá-las e coibi-las. Essa é uma das recomendações da cartilha Assédio é crimelançada no campus Saúde. Em entrevista à TV UFMG, a vice-diretora da Faculdade de Medicina, Alamanda Kfoury Pereira, que participou da produção do documento, fala sobre o tema.

Vídeo – Saiba como identificar e denunciar situações de assédio

O documento

A cartilha foi produzida pela Comissão do Campus Saúde da UFMG e pela equipe de trabalho do Centro de Comunicação da Faculdade de Medicina, com a colaboração da Unidade de Comunicação do Hospital das Clínicas, da Assessoria de Comunicação da Escola de Enfermagem, do Coletivo de Mulheres Alzira Reis e dos diretórios acadêmicos dos cursos de Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia, Radiologia, Nutrição e Gestão de Serviços de Saúde.

Ficha técnica

Entrevistada: Alamanda Kfoury, vice-diretora Faculdade de Medicina

Produção: Marden Ferreira

Reportagem: Júlia Calasans

Imagens: Cássio de Jesus

Edição de conteúdo: Jessika Viveiros

Edição de imagens: Kennedy Sena

Compartilhar