UFMG – Especialistas vão debater melhoria do gasto público na saúde

UFMG – Especialistas vão debater melhoria do gasto público na saúde

Custos com compra de medicamentos preocupam gestores que se reunirão em evento na Escola de Enfermagem

O financiamento da saúde volta a ser discutido nesta quarta-feira, 8, a partir das 14h, no anfiteatro Laís Netto da Escola de Enfermagem da UFMG. Em sua sétima edição, evento dedicado ao tema vai se concentrar na discussão de práticas de gestão que contribuam para a melhoria do gasto público no setor. A atividade, promovida no âmbito da disciplina Gestão do Sistema de Saúde do Curso de Enfermagem, é aberta ao público e prescinde de inscrição prévia.

De acordo com a coordenadora do debate, professora Márcia dos Santos Pereira, os recursos utilizados para o financiamento do SUS nunca foram suficientes para assegurar uma saúde pública, universal, integral e de qualidade. “Mas, tão importante quanto investir mais em saúde, é melhorar a qualidade dos processos de gestão dos gastos. Nesse sentido, o eixo central do debate será refletir sobre as boas práticas de gestão”, informa.

A farmacêutica Patrícia de Oliveira, diretora do Núcleo de Atendimento à Judicialização da Saúde da Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Minas Gerais, falará sobre o aumento dos gastos em saúde com aquisição de medicamentos em razão da prática de judicialização. A também farmacêutica Lilly Mary Haddad Martins, especialista em políticas e gestão de saúde do Núcleo de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais, vai discorrer sobre as responsabilidades do governo estadual na compra de medicamentos de alto custo. Por fim, a professora Fernanda Penido Matozinhos, do Departamento de Enfermagem Materno-infantil e Saúde Pública da Escola de Enfermagem, refletirá sobre o papel do enfermeiro na redução de custos nos serviços assistenciais de saúde.

Participantes poderão solicitar certificados no Cenex da Escola de Enfermagem (telefone 3409-9831 e e-mail cenex@enf.ufmg.br) mediante pagamento de taxa de R$5.

(Assessoria de Comunicação da Escola de Enfermagem da UFMG)

Compartilhar